Construção Somague pede ajuda para se manter viável
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Somague pede ajuda para se manter viável

A construtora já solicitou ajuda ao Sindicato da Construção e à Autoridade para as Condições de Trabalho para fazer face às dificuldades que estão a resultar em atraso nos salários.
Somague pede ajuda para se manter viável
Correio da Manhã

A Somague solicitou à Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) e ao Sindicato dos Trabalhadores da Construção "ajuda no sentido de se encontrarem formas de a manter viável", disse ao Negócios fonte

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
RHenriques 16.03.2017

Lamentavelmente esta noticia em nada corresponde à verdade e é importante repor a veracidade das notícias publicadas no sentido de proteger os trabalhadores visados.
O pedido de ajuda é mera ficção pois no dia de ontem existiu uma reunião com sindicato mencionado na noticia onde foram meramente ignorados (sindicato e trabalhadores lesados) no que diz respeito ao incumprimento salarial e não existiu qualquer tipo de resposta.
Continua a existir salarios em atraso e de forma diferenciada pois apenas uma parte dos trabalhadores nao recebe por ter sido colocado em casa a aguardar trabalho, existindo no entanto colocaçao para parte destes trabalhadores, sendo esta uma mera opção por parte da empresa!
Sr. Jornalista deu-se ao trabalho de:
Procurou saber porque é que a empresa tem as suas contas saldadas com parte dos seus trabalhadores e regalias dos mesmos?
Se a empresa cumpre as obrigaçoes legais?
Se existem consequências desta atitude vergonhosa?

A.lopes 16.03.2017

Só tenho pena dos postos de trabalho de alguns dos trabalhadores!

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub