Empresas Sonae vai ampliar Continente de Vila Real e criar mais 124 empregos

Sonae vai ampliar Continente de Vila Real e criar mais 124 empregos

O grupo Sonae vai investir 1,5 milhões de euros na ampliação do complexo comercial do Continente de Vila Real, empreendimento que deverá aumentar o seu quadro laboral de 257 para 381 trabalhadores.
Sonae vai ampliar Continente de Vila Real e criar mais 124 empregos
A ampliação do complexo comercial Continente de Vila Real vai aumentar a área bruta locável do empreendimento em mais de quatro mil metros quadrados.
Rui Neves 16 de outubro de 2017 às 15:37

O complexo comercial Continente de Vila Real, que é actualmente constituído por um hipermercado da insígnia do grupo Sonae e uma dúzia de pequenas lojas de bens e serviços, vai ser objecto de ampliação pelo fundo de investimento fechado Imosonae, que é gerido pela sociedade Sonagest, do grupo Sonae.

 

De acordo com o Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da obra, que está em fase de consulta pública até 7 de Novembro, a empreitada de ampliação do conjunto comercial Continente de Vila Real será implantada num terreno com 48,4 mil metros quadrados, num investimento orçado em cerca de 1,5 milhões de euros.

 

O objectivo principal do projecto é aumentar a área bruta locável em mais de quatro mil metros quadrados, o que representa um acréscimo de quase 50% à actual dimensão comercial do empreendimento, acrescentando quatro lojas à galeria, uma das quase será destinada "a uma das marca do grupo Sonae".

 

O projecto de ampliação, a concluir durante o próximo ano, contempla ainda o aumento da área de estacionamento em 150 lugares, passando a dispor de 556 lugares.

 

O promotor da ampliação do complexo comercial Continente de Vila Real, que emprega actualmente 257 pessoas, "prevê que a execução do projecto leve à contratação adicional de 124 novos colaboradores para ocuparem os postos de trabalho criados nas novas lojas, nos diversos turnos", lê-se no EIA, a que o Negócios teve acesso.

O projecto inicial do actual empreendimento não foi sujeito a avaliação de impacte ambiental, mas o território onde se localiza o projecto de ampliação integra a Zona Especial de Protecção do Alto Douro Vinhateiro, classificado como Património Mundial da UNESCO, "sendo considerada área sensível para efeitos do regime jurídico de avaliação de impacte ambiental".

 

O promotor estima que "nas semanas de maior actividade da obra de ampliação do empreendimento, o número de trabalhadores seja da ordem dos 40/50, e nas semanas de menos actividade da ordem dos 10/20".

 

Em termos de massa salarial gerada, e tendo em atenção a estimativa da mão-de-obra necessária à construção da ampliação proposta, "considerando um salário médio mensal líquido por trabalhador de 772 euros, estimou-se que serão gerados entre 7.720 e 38.600 euros mensais consoante se trate de meses de actividade menos ou mais intensa", adianta a Imosonae.

 

Já em relação à massa salarial mensal a gerar pelo complexo comercial Continente de Vila Real, quando a sua nova área de exploração estiver operacional, a Sonae estima que atinja os 294 mil euros.




pub