Banca & Finanças Sonangol pediu para ter mais de 20% do BCP

Sonangol pediu para ter mais de 20% do BCP

A Sonangol pediu autorização ao BCE para ter mais de 20% do BCP, estando a aguardar luz verde do supervisor europeu, apurou o Negócios.
Maria João Gago 09 de Novembro de 2016 às 19:01

A Sonangol, que tem 17,44% do BCP, pediu autorização ao Banco Central Europeu para superar a barreira dos 20% do banco liderado por Nuno Amado, apurou o Negócios. O objectivo da petrolífera Angolana é ficar com a possibilidade de reforçar a sua posição na instituição, numa altura em que a Fosun se prepara para ficar com uma participação de até 30% do banco.

 

O presidente do BCP foi questionado sobre um eventual pedido da Sonangol ao BCE pela Reuters na apresentação de resultados. O banqueiro recusou responder, remetendo explicações para o accionista. Perante a insistência dos jornalistas limitou-se a dizer: "sobre informação que não é pública, não vou responder".

 

O Negócios apurou entretanto que a Sonangol pediu ao BCE para ir além dos 20% do BCP, estando ainda a aguardar autorização do supervisor europeu.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 3 semanas

LOLOLOL...acabou-se o BESA e agora querem outro Banco Português para os financiar LOLOL

comentários mais recentes
gatogato Há 3 semanas

Isto está a ir cada vez pior. BCE acabem já com estas brincadeiras de angolanos (já vimos o filme no BPI) e despachem isto baratinho para espanhóis... e rápido.

Xtc Há 3 semanas

Já tinha avisado para fugirem deste banco. O valor das imparidades que continua e mais vai ter que registar e assustador. Estamos a falar em milhares de milhões de euros que vão destruir os seus capitais próprios. O BCP não devera valor mais do que 200 milhões de euros. Vejam quanto vai descer.

Anónimo Há 3 semanas

VENDA-SE TUDO A PREÇO DE SALDO

Anónimo Há 3 semanas

Apesar das dificuldades da Sonangol, não percebia como abdicavam da posição de referência na instituição, entrando a Fosum a 1,8 cêntimos...

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub