Agricultura e Pescas Sovena obtém apoio de 5 milhões para comprar azeite na Tunísia

Sovena obtém apoio de 5 milhões para comprar azeite na Tunísia

O Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento (BERD), que tem vindo, desde 2012, a apoiar produtores de azeite na Tunísia, cedeu financiamento a duas subsidiárias do grupo português.
Sovena obtém apoio de 5 milhões para comprar azeite na Tunísia
Miguel Baltazar

As empresas MENA e Tiba Foods, pertencentes ao grupo Sovena – detentora, entre outras, das marcas portuguesas Oliveira da Serra (azeite) e Fula (óleos) – vão receber um apoio do BERD - Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento para desenvolver as suas relações com os fornecedores agrícolas tunisinos.

De acordo com a informação disponibilizada no "site" oficial do BERD, que data de 24 de Outubro, o banco "está a apoiar os produtores oleícolas na Tunísia com um empréstimo de cinco milhões de euros à MENA e à Tiba Foods, subsidiárias locais do grupo Sovena", que classifica como o líder português na produção e distribuição de azeites.

O financiamento, garante a mesma comunicação oficial, irá "apoiar o desenvolvimento deste sector estratégico da economia da Tunísia, irá promover a integração regional, fortalecer a competitividade nos mercados externos e impulsionar o crescimento económico".

Na Tunísia - um dos "cinco maiores produtores de azeite do mundo", e terceiro maior exportador, rivalizando com os maiores produtores europeus, entre os quais se encontra Portugal -, o BERD está comprometido, e a investir, no sector oleícola desde 2012. Desde aí, financiou "mais de 25 projectos no sector privado num total de 300 milhões de euros". "O banco também apoiou mais de 300 pequenas e médias empresas tunisinas ao fornecer assistência técnica".

Citado no comunicado do BERD, Duarte Guedes, director da Sovena, afirmou sobre o acordo com o BERD: "é claro que o valor de estabelecer esta relação com o BERD não termina no lado financeiro do acordo. Ambos estamos fortemente comprometidos em apoiar a indústria oleícola como um todo na Tunísia e percebemos como este tipo de cooperação pode resultar em desenvolvimentos estruturais e sustentáveis".

Já Marie-Alexandra Veilleux-Laborie, directora do BERD na Tunísia, garantiu, citada no comunicado, que o banco está "muito orgulhoso em aliar-se com o grupo Sovena para aumentar a produção e exportação do azeite da Tunísia".

Em 2007, segundo o site do grupo português, "foi criada a Sovena M.E.N.A. (Middle East & North Africa) na Tunísia, através de uma parceria com uma empresa local, para abastecer o mercado tunisino e países limítrofes".

Para o BERD, a Sovena entrou na Tunísia em 2008, com "operações de procura de fornecedores e de embalamento". "A Tunísia é um mercado muito relevante para a produção de azeite, exportação e procura de fornecedores dentro do grupo Sovena", até porque o país produz 150 a 250 mil toneladas de azeite por ano e exporta cerca de 80% a 90% de cada campanha".




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 dias

Muito engraçado isto! ainda não vi uma única garrafa à venda de azeite Oliveira da Serra sem dizer "Azeite português". ASAE por onde andam vocês...

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 dias

Pouca vergonha. já comprei azeite desta marca , que de azeite só tem o nome.Uma grande porcaria, já vejo porquê. Os agricultores transmontanos têm bom AZEITE( está em letra grande) porque é azeite e não uma mistela. já percebo as excursões que todos os anos vêm a Trás-os -Montes comprar azeite

Anónimo Há 4 dias

Muito engraçado isto! ainda não vi uma única garrafa à venda de azeite Oliveira da Serra sem dizer "Azeite português". ASAE por onde andam vocês...

Anónimo Há 4 dias

Muito engraçado isto! ainda não vi uma única garrafa à venda de azeite Oliveira da Serra sem dizer "Azeite português". ASAE por onde andam vocês...

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub