Aviação TAP com “dezenas” de vagas para centro de apoio telefónico

TAP com “dezenas” de vagas para centro de apoio telefónico

O funcionamento 24 horas do centro de assistência telefónica da TAP está a criar oportunidades de emprego. É necessário o 12.º ano bem como o domínio de três línguas.
TAP com “dezenas” de vagas para centro de apoio telefónico
Bruno Simão/Negócios
Wilson Ledo 10 de janeiro de 2017 às 13:16

A companhia aérea TAP tem disponíveis "algumas dezenas" de vagas disponíveis para a sua central de reservas.

As vagas em questão consistem na assistência telefónica a clientes e exigem o 12.º ano bem como o conhecimento de sistemas de reserva de bilhetes aéreos. O domínio do português e do inglês são obrigatórios, a que se deve juntar outra língua, com preferência para o alemão, o francês ou italiano.


A central de apoio ao cliente da TAP está integrada na própria companhia, funcionando 24 horas por dia e prestando atendimento a clientes de todo o mundo.


O site da companhia mostra ainda que estão abertas oportunidades para Comissário de Bordo e Assistente de Operações.


Questionado sobre a existência de outros processos de recrutamento, o porta-voz da companhia assegura que não há nenhum em curso. Contudo, essa porta não fica fechada no curto prazo.


"É previsível que a curto e médio prazo venham a surgir necessidades de reforço dos quadros nas funções referidas, por crescimento da actividade e saídas por reforma", informou.

No site, a companhia sugere candidaturas para áreas como Marketing, Finanças, Comerciais, Recursos Humanos, Engenharia ou Informática.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 10.01.2017


A ladroagem de esquerda

AS CLASSES SOCIAIS EM PORTUGAL:

1. Burguesia = Os Patrões

2. Nobreza = Os Ladrões FP / CGA

3. Povo = Os Trabalhadores e Pensionistas do privado (que são tratados como escravos e roubados para sustentar as 2 classes privilegiadas)

comentários mais recentes
Para receber 500 paus? 11.01.2017

Mais vale não fazer nepia

Anónimo 10.01.2017


A ladroagem de esquerda

AS CLASSES SOCIAIS EM PORTUGAL:

1. Burguesia = Os Patrões

2. Nobreza = Os Ladrões FP / CGA

3. Povo = Os Trabalhadores e Pensionistas do privado (que são tratados como escravos e roubados para sustentar as 2 classes privilegiadas)

pub
pub
pub
pub