Empresas TAP vai contratar 170 pilotos no ano que vem

TAP vai contratar 170 pilotos no ano que vem

O processo de selecção dos novos pilotos da companhia ainda está em curso, de acordo com a Bloomberg, que cita fonte da empresa.
TAP vai contratar 170 pilotos no ano que vem
Miguel Baltazar
Negócios 24 de novembro de 2017 às 19:50
A TAP está a preparar a contratação de 170 novos pilotos para a companhia aérea no ano que vem, estando o processo de selecção já em curso. A notícia é avançada pela Bloomberg, que cita declarações de uma porta-voz da transportadora.

A companhia aérea tem estado a aumentar o número de rotas e de voos e tem em curso a compra de novos aparelhos, desde que o Estado vendeu parte da empresa ao consórcio liderado por David Neeleman e Humberto Pedrosa.

Na calha está a compra de 16 aeronaves A330neo, duas das quais serão adquiridas a leasing, estando a entrega do primeiro aparelho apontada para Julho do próximo ano. Há ainda encomendas para 24 novos A321neo e 15 A320neo, tendo a empresa firmado um acordo de cedência via leasing com a empresa ALC de outros dois A330neo e de mais um A320neo.

A transportadora espera duplicar o resultado líquido deste ano em relação a 2016, exercício que fechou com lucros de 34 milhões de euros, antecipou no mês passado, o vice-presidente da companhia, Elton D'Souza, numa entrevista à Centre for Aviation.

A explicar o crescimento das receitas está, segundo o responsável, a oferta comercial lançada em 2016. A empresa iniciou dez novas rotas e está a preparar uma parceria com a companhia aérea brasileira Azul, detida por David Neeleman, a concluir no início de 2018.

Depois de a TAP receber pelo menos 14 aviões da Azul, o próximo passo é que as duas companhias partilhem ligações aéreas entre Portugal e o Brasil. Em cima da mesa está também a abertura de rotas para Chicago e São Francisco.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Que ninguém se surpreenda com o número de candidatos a piloto da TAP. Tive recentemente a possibilidade de perceber que a TAP deve ser das melhores companhias aéreas da Europa a selecionar e formar os seus pilotos. Rigorosa na pré-seleção de candidaturas, exigente na formação que oferece e excelente na fase de inserção dos novos pilotos nas tripulações. Creio que a moda na Europa é as companhias cobrarem a formação aos candidatos. A TAP não só financia todas as atividades de formação como ainda paga aos candidatos para a realizarem. A TAP para dispor dos melhores pilotos do mundo.

Saber mais e Alertas
pub