Empresas Teixeira Duarte vai gerir terminal de contentores na Venezuela

Teixeira Duarte vai gerir terminal de contentores na Venezuela

A construtora anunciou esta terça-feira à noite a assinatura de uma aliança estratégica na Venezuela para contrato de conservação, administração, gestão, operação e aproveitamento do Terminal Especializado de Contentores do Porto de La Guaira.
Teixeira Duarte vai gerir terminal de contentores na Venezuela
Negócios 18 de janeiro de 2017 às 00:29

A Teixeira Duarte - Engenharia e Construções – participada a 100% da construtora liderada por Pedro Teixeira Duarte (na foto) – assinou na terça-feira, 17 de Janeiro, uma "Aliança Estratégica para Operação e Gestão Portuária do Terminal Especializado de Contentores do Porto de La Guaira", na Venezuela, com a empresa pública Bolivariana de Puertos (BoliPuertos), tendo em vista optimizar o desenvolvimento e crescimento da atividade do terminal, convertendo-o num porto de transferência do mar Caribe e da América Latina.

 

No termos da referida aliança, "a Teixeira Duarte aportará, de acordo com o Plano de Negócios, o montante de 40 milhões de dólares americanos e assumirá, por um período de 20 anos, a comercialização, conservação, operação, administração, construção e aproveitamento" do terminal, sublinha a empresa em comunicado divulgado na CMVM.

 

O Terminal Especializado de Contentores do Porto de La Guaira, com capacidade para movimentar 1.000.000 TEUS/ano e com uma área de 17ha, dispõe de 693m de cais acostável e fundos a -15,2m. Está dotado de equipamentos de operação portuária de última geração - 6 pórticos de cais, 15 pórticos de parque, 2 reach-stackers e 6 empilhadores frontais, acrescenta a Teixeira Duarte.

 

Constituiu considerando deste acordo o facto de a 6 de Agosto de 2008 se ter subscrito o acordo complementar ao acordo-marco de cooperação entre a República Bolivariana de Venezuela e a República Portuguesa, em matéria de cooperação económica e energética, refere o mesmo documento.

 

Esse acordo visa a cooperação, promoção, formulação e/ou execução de programas e projectos destinados ao intercâmbio de bens, serviços, tecnologia e capacitação de interesses comuns dos países subscritores.

 

A Teixeira Duarte encerrou a sessão de terça-feira a somar 1,55% para 0,196 euros por acção.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub