Empresas Teixeira Duarte lucra 5,6 milhões de euros até Setembro

Teixeira Duarte lucra 5,6 milhões de euros até Setembro

Mercados externos já representam mais de 71% do volume de negócios do grupo. Os resultados foram influenciados por perdas por imparidades de 27,7 milhões de euros no BCP e de 806 mil euros no BBVA
Maria João Babo 30 de novembro de 2012 às 18:44

A Teixeira Duarte registou resultados líquidos positivos de 5,6 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, quando no mesmo período de 2011 tinha apresentado um prejuízo de 129 milhões de euros. 

Em comunicado, o grupo adianta que os resultados foram influenciados por perdas por imparidades de 27,7 milhões de euros no BCP e de 806 mil euros no BBVA, além de 2,2 milhões em diferenças de câmbio. Positivamente contribuíram cerca de 8,5 milhões de euros com a alienação de direitos de subscrição do BCP. 

Até Setembro o volume de negócios registou um aumento de 7% face ao período homólogo de 2011, atingindo 980 milhões de euros. O mercado externo representa já 71,2% do volume de negócios consolidado da Teixeira Duarte. 

A actividade em Portugal desceu 23,6% e no mercado externo aumentou 27,7% nestes nove meses. 

O EBITDA, por seu lado, registou um aumento de 31,8% face a Setembro de 2011, fixando-se em 156,6 milhões de euros. 

O endividamento líquido do grupo atingiu 982,6 milhões de euros em 30 de Setembro deste ano, o que traduz um aumento de 55,7 milhões de euros face ao final do ano passado. 

O número médio de trabalhadores da Teixeira Duarte era no final de Setembro de 10.734, o que significa uma redução de 4% face a 31 de Dezembro de 2011. Essa diminuição deveu-se à redução de 172 trabalhadores no mercado externo e de 276 em Portugal. 

A carteira de encomendas do grupo para o sector de construção atingiu, na sua globalidade, os  2.408 milhões de euros, menos 1,7% face ao final do ano passado.




Saber mais e Alertas
pub