Tecnologias Tem dúvidas sobre as promoções nas lojas? KuantoKusta lança ferramenta para ajudar

Tem dúvidas sobre as promoções nas lojas? KuantoKusta lança ferramenta para ajudar

O KuantoKusta vai lançar em Fevereiro uma ferramenta para mostrar, na ficha de cada um dos 880 mil produtos, um gráfico com a evolução do preço nos 30 dias anteriores.
Tem dúvidas sobre as promoções nas lojas? KuantoKusta lança ferramenta para ajudar
Paulo Duarte
António Larguesa 29 de janeiro de 2017 às 22:07

O KuantoKusta vai lançar em Fevereiro uma nova ferramenta que permitirá aos utilizadores perceber se as promoções anunciadas pelas lojas são ou não reais. Desenvolvida internamente, esta solução vai disponibilizar, na ficha de cada um dos 880 mil produtos, um gráfico com a evolução do preço nos últimos 30 dias.

Paulo Pimenta indica que esta é uma resposta às solicitações feitas pelos utilizadores num inquérito realizado em Setembro. E vem na sequência das "muitas queixas" que enviam para esta plataforma de comparação de preços "a dizer que as lojas sobem o preço nos dias anteriores para depois parecer uma descida maior e anunciarem que têm uma grande promoção". Sobretudo nos saldos e em ocasiões especiais, como a "Black Friday" ou o Dia dos Namorados.

Este histórico será disponibilizado na ficha de produto e não para um determinado artigo numa loja específica. Porquê? O gestor argumenta que este site é "um comparador de preços e não uma ASAE ou uma Deco para vigiar o mercado".

Além disso, a "filosofia" da plataforma (que factura ao direccionar tráfego para as lojas e, em alguns casos, com comissões sobre o valor da venda) "não é avaliar a política de preço numa certa loja porque há outros aspectos envolvidos, como o serviço, o stock ou a proximidade". 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub