Comércio Tesco aumenta salários dos funcionários das lojas em 10,5% nos próximos dois anos

Tesco aumenta salários dos funcionários das lojas em 10,5% nos próximos dois anos

A retalhista britânica Tesco vai avançar com “o maior investimento” feito na área de salários dos funcionários das lojas da última década.
Tesco aumenta salários dos funcionários das lojas em 10,5% nos próximos dois anos
Bloomberg
Negócios 23 de junho de 2017 às 19:10

A Tesco anunciou que vai implementar aumentos salariais de 10,5% nos próximos dois anos, revelou a retalhista esta sexta-feira, 23 de Junho, citada pela Reuters.


"Este pacote de remunerações representa o nosso maior investimento nos salários de loja numa década", afirmou o presidente executivo da Tesco, Matt Davies, citado pela agência de notação financeira.

 

A Tesco e a maior empregadora privada do Reino Unido, tem 310 mil funcionários no país, e vai passar a pagar 8,42 libras por cada hora trabalhada a partir de Novembro de 2018, quando actualmente paga 7,62 libras. 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 dias

Em empresas do mundo desenvolvido como a Tesco, faz-se gestão de recursos humanos, e como tal, a criação de valor ocorre com naturalidade permitindo elevar salários de colaboradores não excedentários uma vez que os excedentários limitam-se a extrair valor da organização.

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 dias

Em empresas do mundo desenvolvido como a Tesco, faz-se gestão de recursos humanos, e como tal, a criação de valor ocorre com naturalidade permitindo elevar salários de colaboradores não excedentários uma vez que os excedentários limitam-se a extrair valor da organização.

Anónimo Há 2 dias

É uma organização com uma boa política de gestão de recursos humanos. Tem despedido colaboradores desadequados e desnecessários com muita regularidade. O jornal de negócios decepciona a isenção e o rigor jornalístico com estes títulos populistas.

Anónimo Há 2 dias

Despediu milhares de excedentarios nos últimos anos e mais despedimentos vêm a caminho.

Conselheiro de Trump Há 2 dias

Antecipacoes de deixarem os armenios e seu parente de maos nos bolsos de olhos em bico.

pub