Automóvel Tesla agrava prejuízos para recorde

Tesla agrava prejuízos para recorde

A fabricante de automóveis eléctricos conseguiu reduzir o volume do free "cash-flow" negativo, mas os prejuízos foram os mais elevados de sempre.
Tesla agrava prejuízos para recorde
Nuno Carregueiro 07 de fevereiro de 2018 às 23:13

A Tesla fechou o quarto trimestre com um resultado líquido negativo de 675,4 milhões de dólares, que representam o prejuízo mais elevado de sempre da fabricante de automóveis eléctricos de Elon Musk.

 

Além do valor recorde, os prejuízos da Tesla aumentaram consideravelmente face ao mesmo período do ano passado, quando os resultados líquidos negativos totalizaram 121,3 milhões de dólares.

 

Ainda assim, as expectativas apontavam para prejuízos mais elevados, pois os analistas contavam com um resultado líquido por acção negativo de 3,12 dólares e a empresa reportou 3,04 dólares por acção. Ao nível das receitas, aumentaram de 2,28 mil milhões de dólares para 3,29 mil milhões de dólares, também ligeiramente acima do esperado pelos analistas.  

 

Um outro indicador olhado com muita atenção quando a Tesla anuncia os resultados é o "free cash" flow (FCF) e a empresa conseguiu aqui boas notícias, pois a velocidade com que está a queimar dinheiro abrandou. O FCF foi negativo em 276,8 milhões de dólares, o que representa o valor mais baixo em mais de um ano. No segundo e no terceiro trimestre o FCF negativo foi superior a mil milhões de dólares.

 

A Tesla manteve as metas de produção, adiantando que em Junho estará a fabricar 5 mil Model 3 por semana.  




Saber mais e Alertas
pub