Automóvel Tesla apresenta camião em Setembro

Tesla apresenta camião em Setembro

A novidade foi avançada esta quinta-feira por Elon Musk, o presidente da empresa. Há quase um ano, a Tesla tinha dito que a aposta na fase dois do seu plano de desenvolvimento passava por desenvolver camiões e autocarros.
Tesla apresenta camião em Setembro
Reuters
Negócios 14 de abril de 2017 às 12:14

Dois meses depois da data prevista para lançar o seu Model 3, a Tesla espera mostrar uma outra novidade a chegar em breve aos stands: o seu primeiro camião.


A intenção de apresentar o primeiro veículo pesado do fabricante de carros eléctricos de Palo Alto foi manifestada esta quinta-feira, 13 de Abril, pelo presidente da empresa.


Numa mensagem colocada no Twitter, Elon Musk anunciou que o trabalho "extraordinário" levado a cabo pela equipa permitirá apresentar o "semi truck" em Setembro.


Depois do anúncio, as acções da Tesla - que esta semana ultrapassou a GM e se tornou no fabricante automóvel norte-americano com maior capitalização bolsista - valorizaram quase 2%.


A intenção de entrada da empresa neste segmento de veículos já tinha sido admitida em Julho do ano passado, quando Musk definiu esta como a segunda parte do seu plano para a empresa. Além dos veículos ligeiros que hoje já circulam com a marca, o presidente da companhia referia ser necessário acrescentar ao seu portefólio camiões pesados e transporte urbano para passageiros em zonas de elevada densidade populacional.


O próximo veículo da marca a sair para as estradas é o Model 3, esperado para dentro de três meses e com o qual a empresa espera contribuir para massificar o uso do automóvel eléctrico.

A empresa espera vender 50.000 carros eléctricos no primeiro semestre deste ano e conta com o Model 3 para fabricar 500.000 carros por ano a partir de 2018.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub