Automóvel Tesla apresenta em Setembro um camião eléctrico com autonomia para mais de 300 quilómetros

Tesla apresenta em Setembro um camião eléctrico com autonomia para mais de 300 quilómetros

A empresa de Elon Musk prepara-se para apresentar em Setembro um protótipo de um camião eléctrico, avança a Reuters. O objectivo será começar a produção do Tesla Semi no espaço de dois anos.
Tesla apresenta em Setembro um camião eléctrico com autonomia para mais de 300 quilómetros
Bloomberg
André Cabrita-Mendes 25 de agosto de 2017 às 09:25
A Tesla vai apresentar em Setembro um camião eléctrico com autonomia para mais de 300 quilómetros.

O protótipo vai ter uma autonomia entre os 320-480 quilómetros e tem o nome de Tesla Semi. O objectivo de Elon Musk será lançar este camião no espaço de dois anos.

A notícia está a ser avançada pela Reuters esta sexta-feira, 25 de Agosto, mas a Tesla rejeitou comentar.

O objectivo da marca seria criar um camião para transportar mercadoria para distâncias mais curtas, pois os camiões com motores a gasóleo tem autonomias para percorrer mais de mil quilómetros.

Mas para ter uma autonomia acima de 300 quilómetros, e ser capaz de transportar cargas pesadas, o Tesla Semi precisa de ter baterias com uma "capacidade maior dos que as actualmente existentes no mercado", conforme sublinha o site Electrek.

Um camião novo a gasóleo pode custar 100 mil euros, mas o custo de uma bateria para um camião como o Tesla Semi pode ficar acima deste valor, conforme apontam dois especialistas em baterias Shashank Sripad e Venkat Viswanathan da Universidade Carnegie Mellon.

Elon Musk garantiu em Junho que é possível transportar mercadorias usando um camião eléctrico. "Muitas pessoas pensam que não é possível ter um camião eléctrico capaz de transportar grandes mercadorias e com uma grande autonomia, mas estamos confiantes que isto pode ser alcançado", disse o fundador e líder da Tesla durante o encontro anual da marca.

Nos Estados Unidos 30% das viagens de transportes de mercadorias são entre os 160 e os 320 quilómetros. "Desde que consigam atingir os 320 quilómetros, a Tesla pode dizer que o seu camião é de longa distância e tecnicamente vai estar correcto", disse Sandeep Kar, responsável da canadiana Fleet Complete, empresa que analisa dados de transportes de mercadorias.

A maior fabricante mundial de camiões, a alemã Daimler, vai começar a produzir este ano um camião de entregas eléctrico: o Fuso Ecanter, produzido na fábrica do Tramagal em Portugal, com autonomia para 100 quilómetros e com capacidade para transportar 4,6 toneladas.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 25.08.2017

Esta é provavelmente uma das maiores fraudes actuais do ramo automóvel! Mas enfim... Pelos vistos é o resultado que se pode esperar das políticas dos Bancos Centrais que NACIONALIZARAM os mercados bolsistas!

VIVA O QQE!
VIVA O EAPP!
VIVA A ZIRP!
VIVA A NIRP!

pertinaz 25.08.2017

FRAUDE MONUMENTAL
CAPITALIZAÇÃO BOLSISTA ESTRATOSFÉRICA
FABRICA MEIA DÚZIA DE CARROS...!

Camponio da beira 25.08.2017

Se o tecto da corroceria for coberto de paineis, como a área é grande, pode ser de ajuda considerável...mas seja 100 km o da Mitsubishi de Tramagal (um fiasco) seja esta com 300 é muito pouco,,,

pub