Automóvel Tesla planeia aumentar os preços no Reino Unido devido ao Brexit

Tesla planeia aumentar os preços no Reino Unido devido ao Brexit

A Tesla é a mais recente empresa a anunciar o aumento de preços no Reino Unido após o Brexit. O fabricante automóvel justifica a sua decisão com flutuações cambiais.
Tesla planeia aumentar os preços no Reino Unido devido ao Brexit
Reuters
Negócios 22 de Dezembro de 2016 às 13:31

A partir do próximo ano, a Tesla vai aumentar os seus preços em 5% nos modelos automóveis vendidos no Reino Unido. A decisão foi conhecida pelas revendedores ingleses no início desta semana, e os funcionários têm vindo a contactar os clientes no sentido de os avisar sobre a subida de preços.

 

Num e-mail citado pelo The Guardian, a empresa de Elon Musk afirma que os preços dos automóveis em vias de compra manter-se-ão.

 

Cerca de seis meses após o voto positivo do Brexit, várias empresas têm optado pelo aumento de preços, à medida que a libra desvaloriza e os preços para as importações sobem. O caso mais recente deu-se na Lego. A empresa de brinquedos anunciou um igual aumento de 5% dos preços a partir de 1 de Janeiro de 2017.

 

No passado mês de Outubro, a Apple e a Microsoft anunciaram aumentos de preços. A empresa de Tim Cook procedeu a um aumento instantâneo de 20% em todos os seus produtos. Já a Microsoft anunciou aumentos de preços entre os 13% e os 22%. No entanto, o caso mais mediático deu-se no sector alimentar, com o aumento do preço da Marmite.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub