Automóvel Tesla regista lucros pela primeira vez em oito trimestres

Tesla regista lucros pela primeira vez em oito trimestres

A fabricante de carros eléctricos, liderada por Elon Musk, seguia a disparar na negociação fora de horas depois de apresentar resultados acima do esperado.
Tesla regista lucros pela primeira vez em oito trimestres
Bloomberg
Carla Pedro 27 de Outubro de 2016 às 00:35

A Tesla Motors surpreendeu os investidores na quarta-feira, 26 de Outubro, após o fecho das bolsas, ao apresentar o seu primeiro resultado líquido positivo em oito trimestres. "Isto depois de o seu CEO, Elon Musk, ter instado os seus trabalhadores a cortarem custos e a aumentarem a produção de carros para impulsionar os resultados e provar que os cépicos de Wall Stret estavam errados", sublinha a Bloomberg.

 

A fabricante de carros eléctricos reportou um lucro por acção (excluindo itens extraordinários) no seu terceiro trimestre fiscal de 71 cêntimos de dólar, quando a média projectada pelos sete analistas inquiridos pela Bloomberg apontava para 54 cêntimos. No período homólogo de 2015, reportou uma perda de 58 cêntimos por acção.

 

Já as receitas do terceiro trimestre praticamente duplicaram face aos mesmos três meses do ano passado, para 2,3 mil milhões de dólares – contando com a ajuda de 139 milhões de dólares em créditos pelos veículos sem emissões poluentes. As previsões médias dos analistas para a facturação da Tesla entre Julho e Setembro eram de 1,90 mil milhões de dólares.

 

Os investidores reagiram com satisfação, com as acções da empresa a dispararem cerca de 4% no "after hours" da bolsa nova-iorquina.

 

Numa carta enviada esta quarta-feira aos accionistas, Musk reviu em baixa os gastos com a rubrica despesas de capital em 2016, para 1,8 mil milhões de dólares, contra 2,25 mil milhões estimados no trimestre anterior. O objectivo, sublinhou, é ter o foco na "eficiência de capital".

 

A companhia sedeada em Palo Alto (Califórnia) manteve a sua projecção de venda de 50.000 veículos na segunda metade deste ano, depois de ter despachado 24.800 sedans Model S e veículos utilitários desportivos Model X no trimestre terminado no final de Setembro.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub