Banca & Finanças Tesouro britânico volta a reduzir participação no Lloyds

Tesouro britânico volta a reduzir participação no Lloyds

Até ao momento, o erário público britânico recuperou 17,5 mil milhões de libras dos 20,3 mil milhões injectados em 2009 com a intervenção pública no grupo liderado por Horta Osório.
Tesouro britânico volta a reduzir participação no Lloyds
Luke MacGregor/Bloomberg
Paulo Zacarias Gomes 13 de Dezembro de 2016 às 11:19

O Tesouro do Reino Unido reduziu, pela segunda vez em menos de um mês, o capital que detém do Lloyds Banking Group, a instituição que foi intervencionada pelo Estado depois da crise económica e financeira de 2008.


Com a venda feita nos últimos dias, a fatia nas mãos do erário público passou a ficar abaixo dos 7%, depois da venda de acções realizada em mercado, refere um comunicado do Ministério das Finanças do Reino Unido, emitido esta terça-feira, 13 de Dezembro.


Segundo a Reuters, o Estado detém agora 6,93% do Lloyds Banking Group (liderado pelo português António Horta Osório, na foto), tendo recuperado 17,5 mil milhões de libras (cerca de 21 mil milhões de euros) dos 20,3 mil milhões (24,3 mil milhões de euros) injectados em 2009.

As contas sobre o resultado do resgate ao Lloyds, liderado pelo português António Horta Osório, incluem além do produto da venda também os dividendos recebidos em resultado da detenção de acções. O valor da alienação reverte para abater à dívida soberana.

Esta é a segunda vez, em menos de um mês, que o Governo de Theresa May se desfaz de parte do grupo. A 22 de Novembro tinha comunicado a venda de uma posição na instituição, colocando-a então nos 7,99%


O desinvestimento segue o plano anunciado no início de Outubro pelo Tesouro do Reino Unido, quando foi decidido retomar a venda de acções do grupo Lloyds e concluir, no espaço de 12 meses, a venda da participação de 9,1% que o Estado detinha.

O erário público do Reino Unido ficou com 43,4% do capital do Lloyds em 2009, depois da fusão entre o HBOS e este último banco. A venda das participações estatais começou em Setembro de 2013.

Os títulos do Lloyds Banking Group somam 0,46% para 0,61 libras em Londres.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub