Banca & Finanças Tiago Violas Ferreira: "Houve troca do controlo do BPI pelo BFA e pequenos accionistas é que pagam factura"

Tiago Violas Ferreira: "Houve troca do controlo do BPI pelo BFA e pequenos accionistas é que pagam factura"

O responsável da Violas Ferreira Financial garantiu, à saída da assembleia-geral que aprovou a perda de controlo no BFA, que o negócio é "ruinoso" para o banco e para quem detém posições menores.
Tiago Violas Ferreira: "Houve troca do controlo do BPI pelo BFA e pequenos accionistas é que pagam factura"
Bruno Simão/Negócios
Alexandra Noronha 13 de Dezembro de 2016 às 17:19

O accionista Violas Ferreira Financial votou contra a perda de controlo do BFA por parte do BPI porque o negócio é "ruinoso". Tiago Violas Ferreira não tem dúvidas que os pequenos accionistas foram prejudicados com a venda dos 2% do BFA à Unitel.

"Votámos contra porque é um negócio ruinoso vender o controlo por 28 milhões de euros. Havia outras alternativas que são públicas. Foi-se empurrando com a barriga. O BFA vale 1.400 milhões", salientou Violas Ferreira aos jornalistas, depois da assembleia-geral que aprovou a operação.
  

O accionista do banco português salientou depois que "a justificação foi que o BCE não deu alternativa, mas andou-se dois anos à volta". "Tínhamos uma proposta de fundir o BFA com a Caixa Angola. Era uma solução boa para ambas as partes, e foi ignorada. Em Outubro do ano passado, a Unitel quis vender 30% BFA em IPO e foi ignorado", lamentou Violas Ferreira.

 

O accionista referiu depois que pediu que "a Santoro [de Isabel dos Santos] não votasse e o presidente da mesa indeferiu". Violas Ferreira reconheceu depois que "tudo isto tem a ver com o preço, claro, achamos que o BPI vale muito mais, mas com a venda do BFA há destruição de valor, passagem de valor para a Unitel. Houve troca directa do controlo do BPI pelo do BFA e os pequenos accionistas é que pagaram a factura", referiu.

Violas Ferreira garantiu ainda que "as entidades competentes é que têm que actuar" agora, sem dar grandes detalhes. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Arnold Wills Há 4 dias

Você precisa de um empréstimo urgente ou assistência financeira? Entre em contato com financialdepartment.online@gmail.com

pub
pub
pub
pub