Media Time Inc. comprada por 2.800 milhões de dólares

Time Inc. comprada por 2.800 milhões de dólares

A empresa de media foi comprada pela Meredith Corp., que detém títulos como a Better Homes & Gardens além de várias estações de televisão locais. E contou com a ajuda dos irmãos Koch, ligados à angariação de verbas para causas conservadoras, mas que não terão assento na administração.
Time Inc. comprada por 2.800 milhões de dólares
Reuters
Negócios com Bloomberg 27 de novembro de 2017 às 08:59
O grupo de comunicação Time Inc. foi comprado pela concorrente do sector, Meredith Corp., num negócio que ascendeu a 2.800 milhões de dólares (2,35 mil milhões de euros à cotação actual) que inclui o valor da dívida. Sem esta componente, a transacção cifra-se em 1.800 milhões de euros.

Segundo a Bloomberg, a compra por parte da empresa - que detém títulos como a Better Homes & Gardens - vai permitir-lhe reforçar a audiência para assim combater gigantes do online como a Google e Facebook na captação de anunciantes. 

Dona de títulos como a Fortune e a Sports Illustrated, o grupo Time fica também em parte nas mãos dos irmãos Koch, que através do Koch Equity Development injectaram 650 milhões de dólares para viabilizar a compra.

Ainda assim, o grupo detido por aqueles multimilionários - que nos últimos anos tem promovido a realização de doações a grupos e causas conservadoras - não terá assento na administração nem influenciará a linha editorial dos meios de comunicação social do grupo.

É pelo menos a terceira vez que, desde 2013, a Meredith Corp. (dona também de várias estações de televisão locais) tenta comprar a Time Inc. Em 2014, um ano depois dos primeiros contactos que redundaram em fracasso a Time Inc. era desvinculada da Time Warner.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar