Automóvel Trabalhadores da Autoeuropa procuram soluções
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Trabalhadores da Autoeuropa procuram soluções

"Este plenário vai servir para exigir à administração que deixe cair este horário de trabalho e para que sejam encontradas alternativas, para que sejam encontradas soluções", disse ao Negócios Rogério Silva.
Trabalhadores da Autoeuropa procuram soluções
Bruno Simão
André Cabrita-Mendes 27 de agosto de 2017 às 19:30

Os trabalhadores da Autoeuropa reúnem-se esta segunda-feira com o objectivo de encontrar soluções para o impasse vivido sobre o trabalho aos sábados.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
surpreso 27.08.2017

Tenham "tomates" decidam greve ilimitada!

Anónimo 27.08.2017

Ainda não mataram a Auto-Europa? Ou a parasitagem sindical está a perder qualidades ou o tio jarreta ainda não deu ordens ao armónio, que deve estar sedento de sangue. Para eles, os trabalhadores, pouco ou nada contam. Quando fecharem portas e levarem a chave, mais uma vitória do proletariado!

Anónimo 27.08.2017

Nada como um sindicato para acabar de vez com a mama dos.... trabalhadores! É que se isto corre bem e os trabalhadores não precisam mais dos sindicatos, como vão os sindicalistas sobreviver?

General Ciresp 27.08.2017

A "REGIDEZ CASMURRA"tem duas virtudes:nunca vence,e raramente se arrepende.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub