Empresas Trabalhadores dos CTT fazem greve nos dias 21 e 22 de Dezembro

Trabalhadores dos CTT fazem greve nos dias 21 e 22 de Dezembro

Os sindicatos que representam os trabalhadores dos CTT agendaram uma greve para a véspera do Natal, nos dias 21 e 22 de Dezembro. A reversão da privatização da empresa e melhores condições de trabalho estão na base do protesto
Trabalhadores dos CTT fazem greve nos dias 21 e 22 de Dezembro
Bruno Simão
Negócios com Lusa 11 de dezembro de 2017 às 18:38

Os trabalhadores dos CTT vão estar em greve antes do Natal, nos dias 21 e 22 de Dezembro, pela reversão da privatização da empresa e por melhores condições de trabalho. O anúncio foi feito esta segunda-feira, 11 de Dezembro, por um dos sindicatos que convocaram o protesto.

De acordo com uma nota de imprensa do Sindicato Democrático dos Trabalhadores dos Correios, Telecomunicações, Media e Serviços (SINDETELCO), filiado na UGT, foi entregue no dia 5 de Dezembro um pré-aviso de greve para os dias 21 e 22 de Dezembro "pela Reversão da Privatização dos CTT, pela Defesa dos Postos de Trabalho, Por Melhores Condições de Trabalho".

O cumprimento do Acordo de Empresa (AE) e um sistema de avaliação justo e transparente são outras das reivindicações que estão na origem do conflito laboral.

O Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, filiado na CGTP, também marcou greve para os dois últimos dias úteis antes do Natal pelos mesmos motivos.

A última greve realizada pelos trabalhadores dos CTT foi a 28 de Março do ano passado. Na altura, a paralisação de um dia foi convocada pelo SNTCT e em causa estavam os valores dos aumentos salariais entre 0,7% e 1,3% - com um aumento mínimo garantido de 10 euros - considerados "ofensivos" pelo sindicato.

De acordo com os números avançados à data pelos CTT, a adesão à última greve rondou os 12%.


(Notícia actualizada às 19:00 com mais informação)



Saber mais e Alertas
pub