Aviação Tripulantes da Easyjet ameaçam com greve de 27 a 29 de Maio

Tripulantes da Easyjet ameaçam com greve de 27 a 29 de Maio

A companhia “low cost” não é obrigada a fornecer serviços mínimos. O pré-aviso de greve convoca todos os trabalhadores da Easyjet, seja no ar ou em terra.
Tripulantes da Easyjet ameaçam com greve de 27 a 29 de Maio
Bloomberg / Reuters / Getty Images
Wilson Ledo 11 de maio de 2017 às 11:56

Os assistentes de bordo da Easyjet estão a planear uma greve de três dias de 27 a 29 de Maio. O pré-aviso de greve foi publicado esta quinta-feira, 11 de Maio, num anúncio na comunicação social.

Além dos trabalhadores nos aviões também aqueles que prestam serviços em terra deverão parar, diz a convocatória do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).


A Easyjet não assegurará serviços mínimos. A única obrigação seria relativa aos Açores e Madeira mas ambas as regiões são servidas por outras companhias nas mesmas rotas.


A companhia "low cost" britânica é a terceira maior em quota de mercado em Portugal, depois da TAP e da Ryanair.

Contactado pelo Negócios, o SNPVAC considera "prematuro" prestar mais informações sobre esta possível paralisação, tendo marcadas várias reuniões nos próximos dias onde o assunto está na ordem de trabalhos.

O Negócios contactou ainda a Easyjet, encontrando-se à espera de resposta.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub