Aviação Trump recorre ao twitter para cancelar novo Air Force One

Trump recorre ao twitter para cancelar novo Air Force One

O custo do novo avião do Presidente dos Estados Unidos ascende a 4 mil milhões de dólares.
Trump recorre ao twitter para cancelar novo Air Force One
bloomberg
Negócios 06 de dezembro de 2016 às 15:21

Donald Trump defendeu esta terça-feira que o novo Air Force One, que está a ser desenvolvido pela Boeing, deve ser cancelado, devido aos elevados custos que implica.

 

Como vem sendo habitual, o pedido foi efectuado na conta de Twitter do Presidente eleito. "A Boeing está a construir um novo 747 Air Force One para futuros presidentes. Mas os custos estão fora de controlo, acima de 4 mil milhões de dólares. Cancelar ordem", escreveu Trump no Twitter.

 

A actual frota de Air Force One (dois aviões) atinge os 30 anos de serviço em 2017, daí que o Pentágono tenha iniciado o processo de renovação. Está previsto que a próxima geração de Air Force One esteja operacional em 2023, seja tecnologicamente mais avançada e os aviões tenham capacidade para efectuar viagens mais longas.

 

Durante a campanha, nunca Trump se tinha referido aos custos dos novos Air Force One. Resta agora saber se o presidente eleito quer acabar com os aviões presidenciais, para passar a voar no seu, que também é um 747 da Boeing.

 

Trump continua bastante activo no twitter, utilizando esta rede social para comentar os mais variados assuntos e para revelar novidades. Uma prática que não é bem vista pela maioria dos norte-americanos. De acordo com uma sondagem do New York Times, 56% dos inquiridos considera que Trump usa o twitter em demasia.

 

 

 




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 07.12.2016

"Cancel order!" neste caso é "Cancelar pedido!" e não "Cancelar ordem"

00SEVEN 06.12.2016

Trump usa o " Twitter" porque sabe que os " main stream media" são desonestos e estiveram sempre contra ele.
São " biased" e Trump está a dizer-lhes que devem ser profissionais e independentes!
Os jornalistas ainda não perceberam que, se calhar, vão escrever só o que Trump escreve no "Twitter" e deixarem de inventar notícias a seu belo prazer para satisfazer o seu ego ou o partido com o qual se identificam!
Até aqui têm relatado tudo que é positivo para o actual presidente exagerando, até, e varrendo para debaixo do tapete tudo que é lixo.
Mas dentro de algum tempo o lixo vai saltar cá para fora!
E por falar em jornalistas quem escreveu este artigo também é desonesto e, porventura, maldoso!
É que o avião do Trump é um Boeing 757 que é metade do Boeing 747 do presidente dos EUA!
Sejam profissionais e não sigam por uma avenida só com um sentido!

Anónimo 06.12.2016

Este gnomo é muito esperto... para quê gastar dinheiro dos contribuintes num avião do Estado se o Estado pode gastar o dinheiro no seu avião... E ainda há por aqui pacóvios que aplaudem ... devem estar habituados a semelhantes mordomias...

Atomez 06.12.2016

"Cancel order!" em português é "Cancelar encomenda!"
Ou já só usam o google translate???

ver mais comentários
pub