Turismo & Lazer Turismo de Portugal lança campanha de 10 milhões para promoção online do país

Turismo de Portugal lança campanha de 10 milhões para promoção online do país

Numa portaria publicada em Diário da República o Governo autoriza o Turismo de Portugal a avançar com os procedimentos necessários para realizar em 2017 uma "campanha internacional de turismo em meios digitais".
Turismo de Portugal lança campanha de 10 milhões para promoção online do país
Alexandre Azevedo/Sábado
Negócios 18 de Novembro de 2016 às 13:37

As secretarias de Estado do Turismo e do Orçamento publicaram em Diário da República desta sexta-feira, 18 de Novembro, que o Turismo de Portugal "pretende executar em 2017 a campanha internacional de turismo em meios digitais, actividade central na sua missão de promover Portugal como destino turístico".

 

Tendo em conta esse objectivo e a "relevância" do mesmo, o Turismo de Portugal revela a intenção de "retomar a execução da campanha com a maior brevidade". Isto depois de terem sido "instauradas duas impugnações judiciais" que impediram o Turismo de Portugal de celebrar um contrato "destinado à aquisição de serviços de produção, planeamento, execução, acompanhamento e compra de espaço para a campanha internacional online", segundo pode ler-se no despacho publicado em Diário da República.

 

Ainda assim, a referida campanha publicitária online será para avançar, "sem prejuízo das vicissitudes que envolvem aquele procedimento" judiciário, de modo a "preparar a execução da campanha de publicidade o mais tardar a partir de Janeiro de 2017". 

 

Como tal o Governo "autoriza" o Turismo de Portugal a "assumir os encargos plurianuais decorrentes da contratação de serviços de produção, planeamento, execução, acompanhamento e compra de espaço para a campanha internacional online do Turismo de Portugal, até ao montante de 10 milhões de euros, valor a que acresce o IVA à taxa legal em vigor, a executar em 2017".

 

Sendo que os encargos decorrentes desta portaria serão "suportados por verbas próprias do Turismo de Portugal", especifica o Governo no despacho assinado pela secretária de Estado do Turismo, Ana Godinho, e pelo secretário de Estado do Orçamento, João Leão.

 

Também em Diário da República são publicadas outras duas portarias e, que é dada autorização ao Turismo de Portugal para "efectuar um contrato de energia eléctrica no mercado liberalizado" e ainda um "contrato de fornecimento de gás natural no mercado liberalizado".




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas


OS CÃES RAIVOSOS DA FP_CGA

Os cães raivosos da FP_CGA abocanharam tudo e mais alguma coisa nos últimos 40 anos.

Sempre à custa dos trabalhadores e pensionistas do privado, que sustentam a FP e seus pensionistas a pão de ló.


pub