Banca & Finanças Tutela sobe remuneração de Ferreira de Oliveira na CGD
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Tutela sobe remuneração de Ferreira de Oliveira na CGD

O Ministério das Finanças aumentou a remuneração do presidente da comissão de remunerações da CGD. Desde 1 de Agosto que Manuel Ferreira de Oliveira passou a ter direito a receber 5.500 euros por cada reunião, mais 10%.
Tutela sobe remuneração de Ferreira de Oliveira na CGD
Pedro Elias/Negócios
Maria João Gago 21 de agosto de 2017 às 23:50

O Ministério das Finanças aumentou a remuneração paga ao presidente da comissão de remunerações da Caixa Geral de Depósitos, cargo que é desempenhado por Manuel Ferreira de Oliveira, antigo )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ramiro Ribeiro Há 1 dia

A CGD invoca a abusiva clausula3 para lhe sacar Comissões!! Não Sustente estes parasitas incompetentes!! Reclame, encerre a conta e mude de Banco. Até 100 mil Euros a segurança é igual em todos os Bancos!!

JCG Há 1 dia

REPITO: exijam as actas das reuniões da comissão de vencimentos da CGD. Pagamos a milhares de indivíduos e a centenas de figurões para fazerem alguma fiscalização da acção e actos do executivo. Que façam algum trabalho; que justifiquem o que lhes pagamos. Especialmente deputados e Tribunal de Contas. Em vez de conversa fiada, que os contribuintes exijam a essa gente que preste contas. É que eu não consigo imaginar que matéria relevante terá tal comissão que justifique 10 reuniões por ano. Os mandatos dos órgãos de gestão são para 4 anos e depois de uma reunião inicial para definir o pacote de remunerações (coisa muito difícil... é só copiar de outros lados...) não sei, não consigo imaginar, e já tenho algum currículo para imaginar essas coisas, o que é que esses figurões lá vão fazer em 10 reuniões por ano. E quero saber. Vou dizer a alguns fiscalizadores que quero saber. Convido outros contribuintes líquidos a também perguntarem. Vou começar pelo Tribunal de Contas.

JCG Há 1 dia

Nojento! Cambada de mafiosos!
A 5,5 mil por reunião é óbvio que esses tipos vão-se "esforçar" por fazer as 10 reuniões. Não há neste país alguém com poder e íntegro (uma junção cada vez mais improvável) que obrigue à divulgação das actas dessas reuniões? É que eu gostava de saber o que é que tal comissão discutirá em 10 reuniões anuais.
E quanto ao PR? em vez de andar por aí a distribuir beijos e abraços ainda não entendeu o nível de podridão a que o país chegou e que lhe cabe fazer alguma coisa para reduzir a porcaria?
E já agora também não deixa de ser caricato que um ministro ache razoável que uns tipos numa reunião como as que tais figurinhas farão ganhe mais que o salário mensal de ministro. A menos que esse ministro esteja já a trabalhar para melhorar os seus próprios ganhos futuros pois depois de ministro haverá sempre um CA ou uma comissão à sua espera.

Camponio da beira Há 1 dia

mais um saltimbanco! A qualidade dos gestores é taõ má que cada vez há mais nas empresas, para menos trabalhadores.Entra a mota engil, a edp, a galp as águas o BdP e os bancos alberga-se toda a rapaziada que levou o pais a uma das maiores dividas do mundo!

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub