Empresas Clientes da Uber vão pagar cancelamento e tempo de espera

Clientes da Uber vão pagar cancelamento e tempo de espera

Os motoristas da Uber vão passar a receber 2,5 euros por cada cancelamento de viagem que tenha sido efectuado nos dois minutos seguintes ao pedido, em vez dos cinco minutos actuais, e a cobrar 10 cêntimos por minuto de espera após 120 segundos de demora do cliente.
Clientes da Uber vão pagar cancelamento e tempo de espera
Pedro Catarino/Correio da Manhã
Rui Neves 30 de outubro de 2017 às 15:00

A Uber anunciou esta segunda-feira, 30 de Outubro, o lançamento de sete novas funcionalidades da aplicação dos seus motoristas, que passam a ser remunerados pelo tempo de espera pelos clientes no local de recolha.

 

"Caso o motorista tenha de esperar mais de dois minutos no local de recolha até que o utilizador esteja pronto a viajar, começará a receber um valor de espera fixo de 10 cêntimos por minuto", revelou Rui Bento, director-geral da Uber para Portugal e Espanha.

 

Já a taxa de cancelamento, que se mantém nos 2,5 euros, passa a poder ser aplicada dois minutos após o utilizador ter abortado o pedido de viagem, contra os actuais cinco minutos. Recorde-se que a Uber cobra uma comissão de 25% por "corrida".

 

Estas são duas das sete novidades reveladas por Rui Bento, numa conferência de imprensa realizada no novo "Greenlight Hub" da Uber no Porto, espaço hoje inaugurado, no Centro Empresarial Lionesa, em Leça do Balio, e que corporiza o centro de apoio a parceiros e motoristas desta plataforma online no Grande Porto.

Ainda à espera da regulamentação desta actividade

"Não sei" foi a resposta de Rui Bento quando questionado sobre as razões por que ainda não foi retomada a discussão na Assembleia da República relativamente às propostas para a regulamentação da actividade de transporte em veículos descaracterizados a partir de plataforma electrónica, como a Uber ou Cabify. E rematou o assunto com uma afirmação óbvia: "Continuamos a acompanhar o processo com interesse."

 

Com "mais de três mil motoristas em Portugal", que prestam serviços nas regiões de Lisboa, Porto e Algarve, o director-geral ibérico da Uber considera que este número, "hoje, é adequado à procura por parte dos utilizadores", e repetiu, sem detalhar, que a empresa está a "equacionar a expansão" para outras cidades.

 

Quanto ao UberEATS, nome da aplicação do serviço de entrega de refeições ao domicílio que vai estar disponível em Lisboa até ao final do ano, Bento não adiantou uma data para o arranque deste novo serviço da Uber na capital nem se e quando poderá chegar ao Porto.

 

Motoristas com protecção de pontuação e aviso de viagem longa

Além do tempo de espera pago e da taxa de cancelamento de dois minutos, o director-geral da Uber para a Península Ibérica anunciou esta segunda-feira o lançamento de mais cinco novas funcionalidades na aplicação do motorista. A saber:

 

Protecção de pontuação: "Se a pontuação que o utilizador atribuir à viagem não estiver relacionada com o serviço prestado pelo motorista, a pontuação do motorista não será afectada. Ou seja, o motorista não será prejudicado por factores que fogem ao seu controlo."

 

Aviso de viagem longa: "Queremos ajudar a que os motoristas consigam planear o seu dia, o que passa por não serem surpreendidos por viagens mais longas do que esperam. Quando o motorista receber um pedido de viagem com uma duração estimada superior a 45 minutos, será devidamente alertado para o fato na aplicação antes de aceitar o pedido. Sem mais surpresas."

 

Partilha de viagem/percurso: "A segurança é a nossa principal prioridade. A partir de agora, o motorista poderá partilhar a sua localização e o estado da sua viagem com amigos e familiares através da aplicação - para que amigos e familiares saibam onde estão, e quando chegarão ao seu destino."

 

Chat na aplicação: "Garantir que motorista e utilizador se encontram rapidamente nem sempre é fácil - sobretudo em momentos e locais muito movimentados. E nestes momentos, normalmente uma simples e rápida conversa é a solução mais simples. A partir de agora, motoristas e utilizadores terão acesso a uma nova funcionalidade de chat entre ambos que simplifica a comunicação, evita custos de necessários, e simplifica a experiência de recolha."

 

Hora e destino final: "Para que chegue sempre a tempo ao seu próximo compromisso, o motorista poderá escolher o local e a hora a que precisa de desligar a aplicação da Uber - nós garantimos que apenas receberá viagens que lhe permitam estar à hora certa, no sítio certo."


(Notícia corrigida às 15:20 com o esclarecimento de que são os clientes da Uber que pagam os cancelamentos e atrasos.)




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Afinal os nossos motoristas n eram assim tão maus. Podem dizer q o chefe da UBER em Portugal? Pelo q ouvi é marido de alguém q esteve no govº. Será verdadeira ou falsa a tal noticia. A UBER é optima.

Anónimo Há 3 semanas

HEI AMIGO DO BCP,
SÓ PARA NÃO O OUVIR MAIS, VOU COMPRAR TODAS AS ACÇÕES DISPONÍVEIS DO BCP.
ASSINA JONI BERARDO

Anónimo Há 3 semanas

afinal a uber não é assim tão boa!

pub