Banca & Finanças Ulrich: "Devíamos ser menos saloios" a ouvir as autoridades internacionais

Ulrich: "Devíamos ser menos saloios" a ouvir as autoridades internacionais

"Devíamos ser menos saloios" em vez de "darmos tanta importância a um estudo de não sei de onde, sabe-se lá feito como", recomendou Fernando Ulrich.
Maria João Gago 26 de Outubro de 2016 às 19:12
Fernando Ulrich defende que as autoridades internacionais que apontam o crédito malparado como um dos grandes problemas de Portugal "deviam olhar para todos os países porque há situações piores". O banqueiro defende que os portugueses também devem ser "menos saloios" em relação a estas avaliações.
 
"Devíamos ser menos saloios" em vez de "darmos tanta importância a um estudo de não sei de onde, sabe-se lá feito como", recomendou Fernando Ulrich quando questionado sobre se concordava com a posição de diversas autoridades internacionais que apontam o crédito malparado como um dos grandes problemas da economia portuguesa.
 
"Temos de olhar para isto com mais maturidade e mais profissionalismo", apelou o banqueiro.
 
Ulrich defendeu ainda que "era bom" que essas organizações internacionais "olhassem para todos os países que têm sob a sua alçada porque há situações piores" do que a portuguesa no que se refere ao malparado.
 
A questão do crédito em incumprimento tem sido apontada pela Comissão Europeia e pelo Fundo Monetário internacional como uma das maiores fragilidades de Portugal. O FMI chegou mesmo a apontar o malparado dos bancos nacionais como um dos riscos da economia mundial.
 




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG Há 1 semana

Ora aqui está o Ulrich no seu melhor. Nesta versão, aplaudo-o.

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Por sermos saloios: Tu (ulrich) e o santos silva ca andam. Os media dao tempo de antena quando deviam era falar com a administracao do BFA que vem mascarando a gestao mediocre dos negocios em Portugal. Nao foste ainda processado pela destruicao de valor que causaste. Agradece a saloios.

Y Há 1 semana

Não sou teu pai, estou farto de pagar o que vocês roubam e o incrivel é que, ao contrario da Islândia, aqui não vão presos.

É um trampas deste banqueiro Há 1 semana

Nem para limpar os escritórios serves parolo.

PERTINAZ Há 1 semana

TEM RAZÃO

TEMOS DADO OUVIDO AOS BANQUEIROS E ACABAMOS FALIDOS

AS AUTORIDADES INTERNACIONAIS SABEM DO QUE FALAM

A BANCA TEM SIDO O BANCO DE PORTUGAL PARA A ECONOMIA PORTUGUESA

TEMOS PENA MAS ACABOU-SE

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub