Desporto Venda de André Silva entre as maiores transferências do futebol português

Venda de André Silva entre as maiores transferências do futebol português

Negócio entre o FC Porto e o AC Milan, por 38 milhões de euros, reforça o peso dos portistas na tabela actualizada das 20 maiores vendas de sempre protagonizadas por clubes portugueses.
Bruno Teixeira Pires Hélder Santos Simão Filho Bruno Colaço Manuel Araújo Pedro Simões Paulo Calado/Cofina REUTERS Rafael Marchante Miguel Barreira Miguel Barreira REUTERS NFactos-Fernando Veludo Manuel Araújo Cofina Media Luis Vieira Manuel Araújo Paulo Calado Miguel Barreira Bruno Colaço
Negócios 12 de junho de 2017 às 17:09
O negócio da venda de André Silva, do Futebol Clube do Porto para o AC Milan, por 38 milhões de euros, entra para a oitava posição nas transferências mais caras de sempre envolvendo clubes portugueses.

As vendas mais elevadas continuam a ser as de Hulk e de James Rodriguez, que saíram do Porto para o Zenit e para o Mónaco, respectivamente. O jogador brasileiro lidera com uma venda por 60 milhões de euros.

Seguem-se vários jogadores que foram vendidos por um valor inicial de 40 milhões de euros: Ederson, do Benfica para o Manchester City; Witsel, do Benfica para o Zenit; Falcão, do Porto para o Mónaco; Mangala, do Porto para o Manchester City; e João Mário, do Sporting para o Inter de Milão.

Nesta tabela das 20 maiores transferências - actualizada com os recentes negócios de Lindelof e de André Silva - 11 posições são asseguradas por vendas do Futebol Clube do Porto. O Benfica tem sete e o Sporting as restantes duas: João Mário e Slimani.



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
BLUFER 12.06.2017

mais um bluff como tantos outros

Água Ráz 12.06.2017

Sim Zéi ,há muitas culpas da administração do FCP como atenuantes a concorrência desleal dos clubes de Lesboa que assaltaram os cofres do BES o SLB e o SCP ,isto é como uma empresa privada a concorrer com o estado e quando o negócio corre mal o estado entra ...extra negócio

Zé do Boné 12.06.2017

o FCP não devia vender ele. devia haver uma clausula a dizer que se o André estiver nos 3 melhores goleadores de Itália na próxima época o Pinto da Costa e a freguesia dele deviam ir todos para a rua por ter deixado chegar o clube a isto .Para Pinto e Cª o melhor é ele ser um flop no Milão

ESPANHA PROIBE VENDA AÇÔES A DESCOBERTO 12.06.2017

infelizmente nesta trampa de país não há quem deite a mão aos criminosos que praticam o short.se cá fosse proibida esta prtática de vender o que não têm o bcp por exemplo já devia estar ao dobro do valor vergonhoso que tem.0,235 cents ação do maior banco privado português é no mínimo ridículo!...

pub