Empresas Vendas a retalho dispararam em Dezembro e produção industrial perdeu gás

Vendas a retalho dispararam em Dezembro e produção industrial perdeu gás

No último mês do ano passado, o crescimento da produção industrial foi o pior desde Abril, enquanto as vendas no retalho cresceram ao melhor ritmo em pelo menos 12 meses.
Vendas a retalho dispararam em Dezembro e produção industrial perdeu gás
Reuters
Rita Faria 30 de janeiro de 2018 às 11:31

As vendas no comércio a retalho dispararam em Dezembro, mês em que o crescimento da produção das fábricas portuguesas abrandou, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira, 30 de Janeiro.

 

O índice que mede o volume de negócios no comércio a retalho cresceu 5,7% em Dezembro, face ao mesmo mês de 2016, a subida homóloga mais expressiva dos últimos 12 meses (os dados do INE recuam a Dezembro de 2016).

 

A contribuir para esta aceleração esteve sobretudo a venda de produtos não alimentares, com um crescimento de 6,9%. A venda de produtos alimentares aumentou 4,2%.

 

Em termos mensais, o volume de negócios subiu 0,3% em relação a Novembro, mês em que as vendas registaram um forte aumento de 4,1%.

 

No conjunto do ano, o volume de negócios no comércio a retalho cresceu 4%, mais 1,3 pontos percentuais do que em 2016.  

 

Na indústria, o cenário não foi de aceleração. Em Dezembro, a produção das fábricas portuguesas aumentou 1,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior, a pior evolução desde Abril. Este abrandamento foi motivado exclusivamente pela energia, que desceu 5,4%.

 

Em termos mensais, a evolução foi mesmo negativa, com a produção a descer 0,4% face a Novembro.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
SONAE CAPITAL Há 3 semanas

Sonae Capital , a única com nota 10 no ps-20, dividendos a rondar os 10%, uma rentabilidade de 10% ao ano, novos investimentos estão aí, a única que se preocupa em criar valor aos seus acionistas.

surpreso Há 3 semanas

Nós temos uma economia "moderna" que vive do consumo e alta tecnologia,eh,eh,eh

pub