Energia Vestas ganha contrato de 1,3 mil milhões para fornecer EDP Renováveis na Escócia

Vestas ganha contrato de 1,3 mil milhões para fornecer EDP Renováveis na Escócia

A empresa dinamarquesa vai fornecer a central eólica marítima da EDP Renováveis ao largo da Escócia.
Vestas ganha contrato de 1,3 mil milhões para fornecer EDP Renováveis na Escócia
Miguel Baltazar/Negócios
André Cabrita-Mendes 31 de outubro de 2017 às 10:38
A Vestas ganhou um contrato para fornecer turbinas à EDP Renováveis na Escócia. A empresa dinamarquesa vai fornecer e instalar 100 turbinas, com cada uma a ter 9,5 megawatts de potência, para a central eólica marítima de Moray Offshore Windfarm East. Esta central que vai ter uma potência instalada de 950 megawatts fica localizada a 22 quilómetros da costa leste da Escócia na zona de Outer Moray Firth.

O projecto é detido maioritariamente pela EDP Renováveis (76,7%) e pelos franceses da Engie (23,3%). O contrato tem um valor total de 1.500 milhões de dólares (quase 1.300 milhões de euros), segundo contas da Bloomberg.

Esta central assegurou este ano uma remuneração garantida à produção de 57,50 libras (65,2 euros) por megawatt hora, durante um período de 15 anos, através de um contrato CFD ("contract for difference").


"Moray East vai produzir electricidade a 57,50 libras por megawatt hora, menos de metade do custo de projectos semelhantes já em operação", disse o director do projecto, Oscar Diaz, em comunicado.

Os franceses da Engie entraram no capital deste projecto eólico marítimo ao largo da Escócia em Julho, quando pagaram 21 milhões de libras à empresa liderada por João Manso Neto para comprar uma fatia de 23% do capital social.

A companhia também anunciou esta terça-feira, 31 de Outubro, que arrancou com a operação de mais duas centrais eólicas nos Estados Unidos da América: Meadow Lake V (100 megawatts) no estado do Indiana e Redbed Plains (99 MW) no estado do Oklahoma. 


A companhia passou a contar com 4.831 megawatts nos Estados Unidos, contando com centrais eólicas e solares nos estados da Califórnia, Illinois, Indiana, Iowa, Kansas, Minnesota, Nova Iorque, Ohio, Oklahoma, Oregon, Texas e Washington.

Os Estados Unidos são actualmente o maior mercado da EDP Renováveis tanto em termos de capacidade instalada como de produção de electricidade, de um total de 12 mercados onde a companhia está presente.

A EDP Renováveis divulgou esta terça-feira lucros de 165,5 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa um aumento de 468% face a período homólogo.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub