Vídeo: Imparidade de 500 milhões para Grécia foi valor "adequado na presente circunstância"
27 Julho 2012, 20:27 por Ana Laranjeiro | alaranjeiro@negocios.pt
2
Enviar por email
Reportar erro
0
Nuno Amado considera que o valor de imparidades para a Grécia é o "adequado na presente circunstância". Veja aqui o vídeo.
"Foi o número que consideramos adequado na presente circunstância", afirmou Nuno Amado (na foto), presidente do BCP, na apresentação de resultados do banco, quando questionado sobre o montante de imparidades para a Grécia.

"Olhamos para o nosso banco na Grécia, vimos a deterioração da situação na Grécia, avaliamos os riscos de perca na Grécia e para cobrir a situação que nós esperamos já num cenário difícil precisávamos de 450 milhões adicionais relacionados com prejuízos futuros", acrescentou.

O responsável mostrou-se ainda confiante de que o valor destinado à Grécia não vai ter qualquer efeito nos rácios da instituição. "Achamos que é pouco provavel que possa ter um efeito nos rácios de capital a não ser uma catástrofe", afirmou.


2
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: