Tecnologias Vice-presidente da Xiaomi deixa o cargo

Vice-presidente da Xiaomi deixa o cargo

O brasileiro Hugo Barra está de saída do fabricante de "smartphones" por razões de saúde e para embarcar num novo projecto.
Vice-presidente da Xiaomi deixa o cargo
Negócios com Reuters 23 de janeiro de 2017 às 08:16

Hugo Barra, vice-presidente da tecnológica chinesa Xiaomi e responsável pela expansão internacional do seu negócio de "smartphones", abandonou a companhia por razões de saúde e novos desafios profissionais.

Segundo a Reuters, a saída ao fim de três anos e meio do responsável pela operação internacional da tecnológica foi anunciada nas redes sociais. Barra sai a 2 de Fevereiro e vai iniciar um projecto em Silicon Valley, o "berço" da inovação nos EUA.

A Xiaomi chegou a atingir o segundo lugar no top de vendas de smartphones na China, tendo chegado a ser a start-up mais valiosa do mundo, mas o abrandamento na venda de equipamentos móveis retirou-a, no ano passado, da lista das cinco marcas mais vendidas na segunda maior economia do mundo.

Barra, de nacionalidade brasileira, queixou-se numa publicação no Facebook que os últimos anos tiveram um impacto negativo na sua vida e começaram a afectar a sua saúde. "É altura de regressar", afirma.

A empresa, liderada por Lei Jun, designou Xiang Wang para o lugar de Barra.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub