Media "Vínculos contratuais impostos por terceiros" impedem Vodafone de ter CMTV

"Vínculos contratuais impostos por terceiros" impedem Vodafone de ter CMTV

Questionada pela Lusa porque é que ao fim de três anos o canal ainda não está disponível na oferta da Vodafone Portugal, Mário Vaz afirmou que "a CMTV tem vontade e a Vodafone também".
"Vínculos contratuais impostos por terceiros" impedem Vodafone de ter CMTV
Duarte Roriz/Correio da Manhã
Lusa 14 de dezembro de 2016 às 09:03

O presidente executivo da Vodafone Portugal disse à Lusa que existe vontade de ambas as partes em ter a CMTV na oferta da operadora, mas considera existirem "vínculos contratuais impostos por terceiros que restringem a concorrência".

 

A Correio da Manhã TV (CMTV), do grupo Cofina, arrancou a 17 de Março de 2013 na plataforma da Meo (PT Portugal/Altice) e desde 14 de Janeiro deste ano está também disponível na rede da operadora de telecomunicações NOS.

 

Questionada pela Lusa porque é que ao fim de três anos o canal ainda não está disponível na oferta da Vodafone Portugal, Mário Vaz afirmou que "a CMTV tem vontade e a Vodafone também".

 

No entanto, "neste contrato a vontade de ambos parece não ser suficiente", acrescentou Mário Vaz, apontando que "tal só pode ser interpretado com a existência de vínculos contratuais impostos por terceiros que restringem a concorrência".

 

Contactada pela Lusa, fonte oficial da Cofina afirmou "ainda não ser possível estar" na plataforma da Vodafone Portugal.

 

"Mas temos a expectativa de vir a estar logo que haja condições", acrescentou a mesma fonte, sem avançar mais pormenores.

 

O canal do grupo Cofina também não está disponível na plataforma da Cabovisão.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 14.12.2016

Olha e a falta que esse lixo me está a fazer!... LOL Ainda bem que não está porque senão lá tinha de andar a saltar canais no comando... Por mim, não precisam estar preocupados!

pub