Indústria Vista Alegre reduz prejuízos em 68%

Vista Alegre reduz prejuízos em 68%

A facturação da empresa cresceu 6% em relação a 2015 e o resultado operacional deixou valores negativos, passando para 961 mil euros, uma recuperação de 169%.
Vista Alegre reduz prejuízos em 68%
Pedro Elias/Negócios
Paulo Zacarias Gomes 25 de Novembro de 2016 às 18:35
O grupo Vista Alegre Atlantis terminou os primeiros nove meses do ano a recuperar prejuízos em relação ao mesmo período de 2015, depois de os resultados operacionais terem mais que duplicado neste intervalo de tempo.

De acordo com o comunicado enviado pela empresa esta sexta-feira, 25 de Novembro, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), entre Janeiro e Setembro o grupo registou um resultado líquido negativo de 1,46 milhões de euros, que compara com 4,58 milhões um ano antes.

Nesse período, o volume de negócios aumentou 6% para 53,3 milhões de euros, enquanto o resultado operacional deixou valores negativos, passando de -1,384 milhões de euros para 961 mil euros, uma recuperação de 169%.

Os resultados antes de impostos, que segundo o comunicado "têm vindo a melhorar sucessivamente", recuperaram 55% para 1,73 milhões de euros negativos.

O grupo investiu cerca de 4,3 milhões de euros no período em análise e mais de metade do valor foi direccionado para o segmento da porcelana, aquele que mais contribui para o volume de negócios da empresa.

Além disso, tem na forja projectos de inovação produtiva para aumentar a capacidade e diversificação da produção nos segmentos de grés e cristal que deverão, defende no comunicado, ajudar a aumentar o negócio no estrangeiro, melhorar a rentabilidade e os resultados.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub