Telecomunicações Vodafone notifica compra da rede de fibra da Optimus

Vodafone notifica compra da rede de fibra da Optimus

O negócio está previsto desde a fusão entre a Optimus e a Zon e contempla os concelhos mais populosos nas zonas de Lisboa e Porto.
Vodafone notifica compra da rede de fibra da Optimus
Mário Vaz, à direita na foto, vai reforçar a rede de fibra
Pedro Elias
Nuno Carregueiro 14 de Dezembro de 2016 às 09:53

A Vodafone notificou a Autoridade da Concorrência sobre a compra da rede de fibra óptica da Optimus, uma operação que estava prevista no âmbito da fusão entre a operadora móvel a Zon, que deu origem à Nos.

 

"A operação de concentração em causa consiste na aquisição, pela Vodafone Portugal – Comunicações Pessoais, do controlo exclusivo sobre um conjunto de activos conjuntamente designados por Rede Optimus Alienável", refere a notificação, publicada na imprensa esta quarta-feira, 12 de Dezembro.

 

Na mesma fonte, é especificado que a Rede Optimus Alienável "consiste no conjunto de cabos de fibra e equipamentos activos e passivos presentemente propriedade da Nos (antes Optimus), situados nos concelhos de Matosinhos, Porto, Vila Nova de Gaia, Odivelas, Lisboa, Oeiras e Sintra".

 

Este negócio estava já previsto no âmbito dos compromissos regulatórios assumidos pela Optimus e Zon no âmbito da fusão entre as duas companhias. Estava também já assumido no relatório e contas da Nos de 2015.

 

Os terceiros interessados na operação têm agora 10 dias para enviar comentários à Autoridade da Concorrência.

 

A operadora liderada por Mário Vaz tinha ficado com a opção de compra da rede no âmbito do acordo de partilha de investimento para 400 mil casas assinado em 2010 pelas empresas.

 

"No dia 26 de Fevereiro de 2016, a Vodafone exerceu a sua opção de compra da rede de FTTH da Optimus, localizada nas zonas metropolitanas de Lisboa e Porto, correspondendo o preço de compra ao valor contabilístico daquela rede, líquido de amortizações, conforme o comunicado da decisão de não oposição da Autoridade da Concorrência à operação de fusão entre a Zon e a Optimus, de 26 de Agosto de 2013", lê-se no documento.

A compra da rede de fibra não altera o número de casas cabladas cobertas pela rede Vodafone, tendo em conta que as 200 mil casas cabladas no âmbito deste acordo já integram a lista total da operadora.

 

A Vodafone também assinou um contrato de partilha de investimento com a Meo, para cablar 900 mil casas, o qual terminou no final do ano passado.

 

Como a Meo optou por avançar com um novo investimento sozinha, este ano a operadora liderada por Mário Vaz anunciou ainda o investimento de 125 milhões de euros no alargamento da sua rede a mais 550 mil lares.

 

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 dias

A Vodafone compra a rede de fibra da Optimus em resultado da fusão com a ZON, que deu lugar à NOS. Em contrapartida, a NOS, que poderia utilizar estas infraestruturas, continua a usar os obsoletos cabos coaxais para fornecer o serviço aos seus clientes, diga-se um péssimo serviço.

comentários mais recentes
Tuga Há 2 dias

Como é óbvio essa fibra vai ser alterada e transformada para Vodafone isto é a ligação vai deixar de ser fibra até ao poste mas sim até casa e concerteza outras mais alterações vai levar de modo a ficar a melhor rede de fibra da Europa que é a da Vodafone. Essa alteração é obvia.

Anónimo Há 2 dias

A Vodafone compra a rede de fibra da Optimus em resultado da fusão com a ZON, que deu lugar à NOS. Em contrapartida, a NOS, que poderia utilizar estas infraestruturas, continua a usar os obsoletos cabos coaxais para fornecer o serviço aos seus clientes, diga-se um péssimo serviço.

DRAGÃO DE HONRA Há 2 dias

Não entendi este negócio.
Não acredito que a Vodafone tenha comprado a pior rede de Portugal, precisamente a que me levou a deixar de ser cliente NOS. Ou seja, o lixo que é a Optimus.
Mal tem sinal de rede no centro das grandes cidades. Que fará na periferia!
Se calhar só me resta experimentar a MEO...

Viriato Venes Há 2 dias

Fui cliente da otimus clix na net / tv e voz, e com grande pena minha fui forçado a deixar por vias da fusão. À três anos que tenho o serviço da Vodafone. Se a concretização deste negocio refletir posteriormente uma significativa melhoria no serviço televisivo, só tenho que agradecer aos "Deuses".

pub
pub
pub
pub