Web Summit Web Summit: A dois meses do evento, saiba quem vem a Lisboa

Web Summit: A dois meses do evento, saiba quem vem a Lisboa

A dois meses da segunda edição do Web Summit em Lisboa já são conhecidos cerca de 300 oradores e 100 investidores que vão marcar presença. Candidaturas para o Road2Web Summit estão quase a terminar.
Web Summit: A dois meses do evento, saiba quem vem a Lisboa
Bruno Simão/Negócios
Ana Laranjeiro 27 de agosto de 2017 às 11:00

De 6 a 9 de Novembro, Lisboa volta a receber a Web Summit. A pouco mais de dois meses do evento, começam já a ser conhecidas algumas das novidades desta edição. Depois de anunciar a presença de personalidades como António Horta Osório e a comissária Margrethe Vestager, a organização do evento revelou recentemente que o antigo residente do Palácio do Eliseu, François Hollande, vai participar na edição deste ano.

Entre as três centenas de oradores já conhecidos constam também nomes como o do actor - Liam Cunningham - que dá vida a Davos Seaworth na popular série Guerra dos Tronos; Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, Steve Huffman, o dirigente e co-fundador da rede social Reddit, e Al Gore, antigo vice-presidente dos Estados Unidos da América.

Nesta segunda edição em Lisboa do Web Summit, e no que diz respeito às conferências – 26 no total – uma das novidades é a conferência Planet:tech e quer juntar start-ups, empresas, e personalidades das áreas da sustentabilidade, tecnologias verdes e tecnologias limpas para debater o futuro do planeta.

Mas nem só de oradores vive o evento e são já conhecidos os primeiros 100 investidores que vão estar em Lisboa. São oriundos de diversos países, entre eles: Estados Unidos, Israel, Reino Unido, China, França e Noruega.

Para os amantes de surf e não só, a Surf Summit, que decorre no âmbito do Web Summit, vai voltar a realizar-se na Ericeira, de 4 a 6 de Novembro. "Vamos ter dois dias de actividades ao ar livre, festas e eventos em rede, tudo com as pessoas que estão a conduzir a mudança na tecnologia internacional", pode ler-se na página desta iniciativa.

A organização aponta que a edição deste ano conte com uma participação de cerca de 60 mil pessoas, entre os quais mais de 650 devem ser oradores e mais de 2.000 são jornalistas.

Road2Web Summit: poucos dias para terminar fase de candidaturas

As start-ups nacionais que queiram candidatar-se ao Road2Web Summit têm a 31 de Agosto para o fazer. Esta iniciativa, lançada pelo Startup Portugal, tem contornos um pouco diferentes dos da última edição. Vão ser apoiadas mais empresas, mas só em 50%. Ou seja, em Julho, foi revelado que o Startup Portugal ia dar um desconto de 50% a 150 start-ups nacionais que se qualificassem para obterem passes Alpha, destinados às start-ups que estão ainda em fase inicial.

Os beneficiários deste apoio terão também acesso gratuito a sessões de preparação, para poderem tirar maior partido do evento. Um desafio para as start-ups, que estão ainda numa fase inicial, pode ser saber tirar partido de um evento desta magnitude, dado a afluência de pessoas que os podem abordar.

As empresas que se candidatem a este benefício têm de cumprir os critérios estabelecidos pelo próprio Web Summit para serem elegíveis para o passe Alpha. O desconto é aplicado aos preços do passe em vigor na altura em que a start-up for seleccionada. Os vencedores serão conhecidos a 15 de Setembro.

Em 2016, no âmbito do Road2Web Summit foram apoiadas 67 start-ups portuguesas, sendo-lhes dada a oportunidade de irem ao Web Summit sem pagar o passe, dado que este lhe era oferecido.

Web Summit a contratar e com vagas em Lisboa

No passado dia 23 de Agosto, o Web Summit publicou no seu blog que está a recrutar. A maioria das vagas é para Dublin mas há também algumas posições para Lisboa.

O primeiro escritório internacional da Web Summit está localizado na capital portuguesa. Foi inaugurado no final de Abril e está localizado Edifício Enter da Portugal Telecom, no Cais do Sodré. Esta "casa" do Web Summit é temporária, uma vez que o Web Summit vai ficar neste escritório até à sua mudança para o Hub Criativo do Beato.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp 27.08.2017

Tinha que ser:mais uma centralizacao na cidade IMUNDA,e nada como diz o d.branca:precisamos de descentralizar.Ainda gostava de saber quem vai pagar a esta fidalguia para vir dizer o que o povo gosta de ouvir.Ja dizia a minha avo:mais trabalho e menos paleio,a producao enche-nos os olhos,estou certa.

pub