Empresas Web Summit: Governo não vai pedir retirada do convite a Le Pen

Web Summit: Governo não vai pedir retirada do convite a Le Pen

O Ministério da Economia diz que se trata "um fórum alargado de discussão de tendências de mercado, cujo alinhamento - oradores e programa - é da exclusiva responsabilidade da organização".
Web Summit: Governo não vai pedir retirada do convite a Le Pen
Negócios 15 de agosto de 2018 às 12:03

O Governo português não vai pedir à organização da Web Summit que retire o convite à líder do partido nacionalista francês Frente Nacional, Marine Le Pen. Num comunicado do Ministério da Economia, citado pela TSF, foi explicado que o Executivo "estando, pelo seu impacto, empenhado no acolhimento deste evento privado, não tem, como em outros eventos, intervenção na seleção de oradores".

O Governo recordou, ainda, que se trata "um fórum alargado de discussão de tendências de mercado, cujo alinhamento - oradores e programa - é da exclusiva responsabilidade da organização".

A reacção governamental surgiu depois de o CEO da Web Summit ter dito que que, se os anfitriões em Portugal pedissem, cancelaria imediatamente o convite.

Numa longa mensagem publicada no site Medium, Paddy Cosgrave explicou que é defensor da liberdade de expressão, para justificar a razão do convite à política de extrema-direita francesa, mas também se mostrou disponível para aceitar as críticas e até retirar o convite, compreendendo as diferenças históricas entre o seu país, a Irlanda, e Portugal.

"Se os nossos anfitriões em Portugal, o Governo português, nos pedirem para cancelar o convite a Marine Le Pen, iremos, evidentemente, respeitar esse pedido e fazê-lo imediatamente", afirmou o co-fundador da Web Summit, que este ano se vai realizar pela terceira vez em Portugal, no mês de Novembro.

No site do evento, o nome de Marine Le Pen está entre os oradores convidados da edição deste ano, surgindo um pequeno texto identificando o cargo, formação e os últimos resultados eleitorais da líder do partido francês. O nome de Marine Le Pen voltou assim a aparecer como oradora no evento, após ter sido inicialmente retirado do site oficial, ainda sem qualquer explicação por parte da organização.




Saber mais e Alertas
pub