Web Summit Web Summit tem um “casamento perfeito” com Portugal mas não se compromete com mais tempo

Web Summit tem um “casamento perfeito” com Portugal mas não se compromete com mais tempo

Esta manhã, Paddy Cosgrave deu uma conferência de imprensa onde assinala que o apoio de Portugal “é fenomenal” mas não quis adiantar se o evento vai ficar mais tempo em Lisboa. A edição de 2018 está garantida.
Web Summit tem um “casamento perfeito” com Portugal mas não se compromete com mais tempo
Bruno Simão/Negócios
Ana Laranjeiro 09 de novembro de 2017 às 11:02

Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, deu esta manhã uma conferência de imprensa na qual revelou que o apoio dado por Portugal ao evento é "fenomenal" mas não quis revelar se o evento de empreendedorismo e tecnologia vai ficar em Lisboa até 2020.

 

"O apoio de Portugal é fenomenal. Já disse anteriormente: é um casamento perfeito. O envolvimento não é só do primeiro-ministro e do presidente da Câmara, mas é também de instituições fantásticas. A chefe da polícia em Lisboa é fenomenal e [tem uma grande] capacidade para coordenar uma grande operação de segurança. Os bombeiros são fantásticos, o aeroporto é incrível. As pessoas que gerem o metro e os transportes em Lisboa [também]. É difícil, por vezes, imaginar o nível de coordenação que um evento deste exige. Há também líderes mundiais a vir, o que eleva de uma forma dramática todas as exigências. É um grande esforço de equipa", respondeu o irlandês.

 

Em relação à permanência do evento em Lisboa até 2020, Paddy Cosgrave assinalou que estava apenas concentrado nas próximas 12 horas, ou seja até ao final desta quinta-feira, o último dia do evento este ano.

 

Em 2015, quando Lisboa venceu o concurso para receber o Web Summit, o acordado foi que o evento realizava-se na capital portuguesa durante três anos (2016, 2017 e 2018), havendo a possibilidade de realizar-se por mais dois anos (2019, 2020) em Lisboa.

 

Nesta edição, participam mais de 59 mil pessoas. Quando questionado sobre se há a possibilidade de haver outros espaços em Lisboa a receberem o evento, o irlandês reconheceu que "Lisboa tem outros edifícios fantásticos" e que há a possibilidade de abrirem mais espaços no futuro.

 

Em relação ao investimento captado pelas start-ups que participam no Web Summit, Cosgrave sinalizou que, nos últimos três anos, 31% das start-ups que participaram receberam investimento após 12 meses. "Nos últimos quatro anos, 50 mil milhões foram investidos em start-ups que participaram nos nossos programas", acrescentou.

(Notícia corrigida às 19:50. O valor investido nos últimos anos em empresas foi de 50 mil milhões de euros)




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

ESTA DE FAZER UM SEGURO COM A MESMA FACILIDADE COM QUE SE MARCA UM QUARTO DE HOTEL, DÁ PARA RIR!
FOI UMA DAS TRÊS START-UP.S VENCEDORAS NO CERTAME.

FUI UM DOS INICIADORES DA INFORMÁTICA NOS SEGUROS E TENHO UMA EXPERIÊNCIA DE 45 ANOS DE INFORMÁTICA NESSA ÁREA.
PARECE-ME TER ALGUMA AUTORIDADE PARA EMITIR OPINIÃO.

NÃO HÁ DÚVIDA QUE O WEB SUMMIT, EM ALGUMAS QUESTÕES, MAIS PARECE UMA REUNIÃO DE PUTOS A BRINCAREM AOS JOGOS DE COMPUTADOR!

comentários mais recentes
Pedro Há 1 semana

Em 2018 Lisboa vai continuar a pagar o evento. Depois, veremos quem dá mais.

Anónimo Há 1 semana

Espero que não aconteça, pois foi das coisas mais interessantes que aconteceu nos últimos tempos em Portugal. Basta consultar sites como a Reuters, Bloomberg ou os Institucionais da Siemens, Mercedes... Quem critica não sabe do que fala. Quando forem para outro país já lhes damos valor.

Anónimo Há 1 semana

ESTA DE FAZER UM SEGURO COM A MESMA FACILIDADE COM QUE SE MARCA UM QUARTO DE HOTEL, DÁ PARA RIR!
FOI UMA DAS TRÊS START-UP.S VENCEDORAS NO CERTAME.

FUI UM DOS INICIADORES DA INFORMÁTICA NOS SEGUROS E TENHO UMA EXPERIÊNCIA DE 45 ANOS DE INFORMÁTICA NESSA ÁREA.
PARECE-ME TER ALGUMA AUTORIDADE PARA EMITIR OPINIÃO.

NÃO HÁ DÚVIDA QUE O WEB SUMMIT, EM ALGUMAS QUESTÕES, MAIS PARECE UMA REUNIÃO DE PUTOS A BRINCAREM AOS JOGOS DE COMPUTADOR!

Anónimo Há 1 semana

para estes "casamento perfeito" é sinal de que alguém lhes esta a pagar as contas. E nisso os nossos xuxas de esquerda são exímios. Se depender da CML e do desgoverno (continuar a pagar para realizar este evento) o casamento vai durar.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub