Comércio Worten prevê investir 23 milhões em 2017

Worten prevê investir 23 milhões em 2017

A cadeia retalhista de electrónica do consumo do grupo Sonae planeia abrir nove lojas em Portugal e mais 10 lojas no mercado espanhol este ano. O novo conceito de loja já captou sete milhões em 2016.
Worten prevê investir 23 milhões em 2017
Bruno Simão
Isabel Aveiro 26 de janeiro de 2017 às 12:19

A Worten, cadeia de retalho especializada em electrónica de consumo pertencente ao grupo Sonae, planeia investir este ano 12 milhões de euros em remodelação e abertura de novas lojas em Portugal, avançou esta quinta-feira Mário Pereira (na foto), administrador da empresa, em apresentação aos jornalistas.

No mercado nacional, onde a rede da Sonae SR detém 179 unidades Worten (das quais 36 unidades Worten Mobile, da menor dimensão), o grupo irá fazer, sempre que se justificar, explicou Inês Borges, directora de marketing da marca, o desenvolvimento do novo conceito de loja apresentado esta quinta-feira, 26 de Janeiro, no Centro Comercial Colombo.

Além da expansão prevista para este ano – com nove novas lojas -, o orçamento previsional de 12 milhões de euros para Portugal irá contemplar a intervenção "em 70 lojas" já existentes, explicou a gestora.

A nova identidade, nova disposição, reforço de serviços e realinhamento de categorias que consubstancia o novo conceito de lojas Worten, explicaram os dois responsáveis da marca presentes na apresentação esta quinta-feira, já implicou um investimento da área de retalho não alimentar (concentrada na Sonae SR) da "holding" liderada por paulo Azevedo e Ângelo Paupério.

Foram assim aplicados no ano passado, explicaram Mário Pereira e Inês Borges, um total de sete milhões de euros em três unidades: no MarShopping (em Matosinhos), em Almada, e em Lisboa – captando a loja do Colombo, sozinha, 3,5 milhões de euros daquele total.

O grupo não adiantou pormenores sobre a possibilidade da adopção d regime de "franchising" para a expansão da rede no país, mas Mário Pereira admitiu que 2017 poderá ser o primeiro exercício de uma abertura em franquia da Worten em Portugal.

Com 910 milhões de vendas realizadas em 2016, de acordo com os dados preliminares apresentados pela Sonae SGPS a 18 de Janeiro deste ano, e um crescimento anual homólogo de 2,1% face a 2015, a Worten foi responsável por 63,23% do total do volume de negócios gerado pela Sonae SR em 2016 (1,43 mil milhões de euros).

Um ano antes, o peso tinha sido de 68,85% no universo Sonae SR, mas então não era a Losan e a Salsa consolidadas ainda, o que aumentou a importância da divisão de Sports&Fashion na área de distribuição não alimentar da Sonae SGPS.

Espanha terá mais 10 lojas
Em Espanha, onde o grupo tem já 53 unidades de retalho da marca – das quais 10 localizadas no arquipélago das Canárias -, a estimativa em 2017 é aplicar outros 11 milhões de euros em "novas aberturas e remodelações" do parque já existente, acrescentou.

O conceito de nova loja Worten, "desenvolvido em colaboração com a agência francesa Malherbe", "por enquanto, existe apenas em Portugal – é exclusivo a Portugal", frisou Mário Pereira. Em Espanha, o mais provável é a marca "fazer o mesmo caminho", mas a seu tempo.


Tendo em conta que, naquele país, a Worten assume-se mais como retalhista pura de electrónica de consumo, o administrador adiantou: "vamos ver o que faz sentido convergir" em termos de integração do novo conceito nas unidades já existentes e por abrir em 2017.


(Notícia actualizada às 12:56 com informação adicional).



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 26.01.2017

Empresa do grupo SONAE SGPS com grande potencial de desenvolvimento!

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub