Tecnologias Zuckerberg anunciou plano para combater notícias falsas no Facebook

Zuckerberg anunciou plano para combater notícias falsas no Facebook

O fundador do Facebook anunciou um plano com sete pontos para combater o surgimento de notícias falsas na rede social.
Zuckerberg anunciou plano para combater notícias falsas no Facebook
Negócios 21 de Novembro de 2016 às 10:43

A vitória de Donald Trump nas presidenciais norte-americanas trouxe para o centro do debate político a crescente tendência para a publicação de notícias falsas, designadamente no Facebook. Apesar de ter rejeitado quaisquer responsabilidades do Facebook na vitória de Trump, o CEO da rede social, Mark Zuckenberg, anunciou um plano para combater a "desinformação". 

 

Depois de já ter anunciado uma alteração nas políticas de publicidade por forma a proibir a partilha de notícias falsas, Mark Zuckenberg escreveu um post no Facebook em que sublinha que "levamos muito a sério a desinformação" para depois anunciar um conjunto de sete medidas que a rede social já tem "em implementação".

 

Zuckerberg  aposta numa detecção mais eficiente através do melhoramento do sistema técnico para detectar os utilizadores com perfis falsos ainda antes de os mesmos poderem realizar publicações. Avisos facilitados para que seja mais acessível fazer avisos sobre notícias falsas. O líder do Facebook pretende ainda melhorar a verificação da parte de terceiros, tendo revelado a intenção de contactar mais organizações especializadas em fazer "fact checking".

 

Colocar avisos nas notícias identificadas como falsas por terceiros ou pela comunidade da rede social para que os utilizadores possam identificar previamente publicações com notícias falsas.

 

Melhorar a qualidade dos artigos relacionados e acabar com o negócio relacionado com notícias falsas através do qual a desinformação é promovida pelas mesmas pessoas ou organizações que beneficiam do spam. Por fim, Zuckerberg quer apostar em ouvir tanto jornalistas como outros membros do sector dos media e assim melhorar os sistemas de verificação.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub