Indústria Dona da Marlboro investe 285 milhões para fabricar cartuchos iQOS na Alemanha

Dona da Marlboro investe 285 milhões para fabricar cartuchos iQOS na Alemanha

A nova fábrica deverá começar a ser construída até ao final do ano para dar emprego a 500 pessoas, satisfazendo o que a Philip Morris diz ser a procura crescente pelo dispositivo electrónico de tabaco aquecido.
Dona da Marlboro investe 285 milhões para fabricar cartuchos iQOS na Alemanha
Philip Morris International
Paulo Zacarias Gomes 19 de junho de 2017 às 14:08

A multinacional tabaqueira Philip Morris International (PMI), dona da marca Marlboro, vai investir 320 milhões de dólares (cerca de 285 milhões de euros à cotação actual) na construção de uma fábrica na Alemanha para produzir cartuchos para o dispositivo electrónico iQOS.

A construção da fábrica em Dresden, com cerca de 7.500 metros quadrados, vai arrancar no final do ano. Quando estiver em funcionamento, criará 500 postos de trabalho, refere o Financial Times.

Nas novas instalações serão produzidos os cartuchos ou bastões HEETS, também denominados HeetSticks, que são usados no dispositivo electrónico de aquecimento de tabaco IQOS, um produto em cujo desenvolvimento a tabaqueira investiu cerca de 2.700 milhões de euros na última década.

De acordo com a empresa o iQOS, ao contrário dos produtos de tabaco convencionais, não queima o tabaco - aquece-o até uma temperatura inferior à da combustão, produzindo vapor.


Em Maio passado, estimava-se que mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo usassem o dispositivo de tabaco aquecido da PMI. Em Portugal, o número de consumidores deverá ter duplicado dos 10 mil que usavam o produto em no final de 2016.

Em Janeiro de 2016, em entrevista ao Negócios, o vice-presidente sénior da Philip Morris (dona da Tabaqueira), o português António Marques, adiantava que se o iQOS e outros produtos similares em desenvolvimento forem bem acolhidos pelos fumadores as fábricas de produtos convencionais podem ser adaptadas de forma progressiva para dar resposta às necessidades do mercado.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 5 dias

ESTRANHO... NÃO INVESTIRAM EM PORTUGAL...

OPA NO MILENIUM BCP Há 5 dias




A FOSUN IRÀ LANÇAR UMA OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO AO BCP AINDA ESTE MÊS AOS RESTANTES 70 % QUE AINDA LHE FALTAM AO VALOR DE 0.75 POR AÇÃO os chineses vão por PORTUGAL FORA DO LIXO de uma VEZ POR TODAS

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub