Indústria Efacec vai patrocinar equipa chinesa campeã da Fórmula 1 dos carros eléctricos

Efacec vai patrocinar equipa chinesa campeã da Fórmula 1 dos carros eléctricos

A líder mundial de carregadores rápidos vai entrar na Formula E, a maior competição de carros eléctricos do mundo, como patrocinadora oficial da equipa Techeetah, que é detida pelo grupo China Media Capital (CMC).
Efacec vai patrocinar equipa chinesa campeã da Fórmula 1 dos carros eléctricos
Rui Neves 14 de setembro de 2018 às 13:54

A Efacec vai acelerar na corrida mundial da mobilidade eléctrica, área em que é líder global em carregadores de carga rápida, como patrocinadora oficial de uma equipa de Fórmula E, que é a maior competição de carros eléctricos do mundo organizada pela Federação Internacional do Automóvel (FIA) e vista como o futuro da Fórmula 1.

 

A equipa escolhida pela empresa portuguesa é a actual campeã  Techeetah Formula E Team, que é detida pela China Media Capital (CMC), empresa que investe em diversas áreas de negócio ligadas às novas tecnologias, aos media e ao desporto.

 

O acordo da Efacec com a CMC para a Techeetah, com a duração de três anos, tem como objectivo concretizar uma das principais ambições estratégicas do projecto "Efacec 2020": a entrada no mercado da Ásia Pacífico.

 

No final do ano passado, a China, que representa cerca de metade do mercado global de veículos e carregadores eléctricos, dispunha já de mais de 400 mil estações de carregamento.

 

"Acreditamos que a Fórmula E é o futuro do automobilismo. Estamos muito motivados para associar a Efacec a este ecossistema que alia desporto, sustentabilidade e entretenimento e que proporciona uma plataforma única para o desenvolvimento de negócios", considera Ângelo Ramalho, CEO da empresa que é controlada por uma empresa da empresária angolana Isabel dos Santos.

 

"Esta é uma oportunidade única para a Efacec reforçar o seu posicionamento e notoriedade junto dos principais ‘players’ internacionais de mobilidade eléctrica", sublinha o gestor, em comunicado da empresa, fazendo votos que "estes três anos de ligação à Techeetah sejam um período pleno de vitórias, tanto nos grandes prémios como nos negócios".

 

Já Mark Preston, "team principal" da Techeetah Formula E Team, mostra-se confiante que a equipa vai "oferecer um verdadeiro retorno do investimento para a Efacec, não só enquanto equipa extramente competitiva como também enquanto organização ‘business oriented’, que pode proporcionar um crescimento comercial aos parceiros".

O CEO da Efacec estima que a área da mobilidade eléctrica, que ainda há dois anos contribuía apenas com 10 milhões para uma facturação global do grupo da ordem dos 430 milhões de euros, venha a valer cerca de 100 milhões de euros já em 2020.



(Notícia actualizada às 14:12)




pub