Indústria Italagro recruta 150 para transformar tomates às portas de Lisboa

Italagro recruta 150 para transformar tomates às portas de Lisboa

A maior fábrica do grupo HIT, instalada em Castanheira do Ribatejo, está a oferecer um vencimento-base de 600 euros para responder ao "pico de actividade" até Outubro no processamento de tomate.
Italagro recruta 150 para transformar tomates às portas de Lisboa
António Larguesa 24 de julho de 2018 às 17:16

O grupo HIT vai recrutar cerca de 150 operadores de produção para a unidade industrial localizada em Castanheira do Ribatejo. Estas contratações a prazo, até Outubro, são direccionadas para o processo de transformação do tomate operado nesta fábrica.

 

Experiência em ambiente fabril (condição preferencial); disponibilidade para trabalhar por turnos e em horários diurnos e nocturnos; e disponibilidade imediata. São estes os requisitos para ingressar na fábrica de processamento de tomate da Italagro, liderada por Martin Stilwell, que produz molhos para pizas e ketchup para a McDonalds.

 

"A actividade do sector do tomate em Portugal tem o seu pico no momento da ‘apanha’ do tomate e na sua transformação, e normalmente esse período decorre entre finais de Julho e meados de Outubro. Sendo a Italagro uma empresa transformadora, terá uma necessidade pontual e expressiva para o tratamento da matéria-prima", detalhou Alexandre Gomes, director da Multipessoal para a região Sul.



Sendo a Italagro uma empresa transformadora, terá uma necessidade pontual e expressiva para o tratamento da matéria-prima.Alexandre Gomes, director para a Área Sul da Multipessoal
 

Ao Negócios, o responsável desta empresa de recursos humanos, subcontratada pelo grupo HIT, detalhou ainda que, para esta centena e meia de operários a recrutar para os próximos três meses, "o valor do vencimento-base é de 600 euros, sendo que a empresa proporciona alimentação através de cantinas instaladas nas suas unidades fabris", além do transporte.

 

Detido maioritariamente pelo gigante japonês Kagome desde 2012, o grupo HIT é dono da Italagro, cuja origem remonta a 1992 e está instalada no concelho de Vila Franca de Xira, e também da FIT, uma fábrica mais pequena em Águas de Moura, freguesia pertencente ao município de Palmela. Ambas foram compradas aos italianos da Parmalat em 2007, que nesse ano deixou de ter presença industrial em Portugal, processando mais de 400 mil toneladas de tomate fresco por ano.



(Notícia corrigida às 13:32 de 27 de Julho para detalhar as funções operativas e as condições exigidas, e retirar a referência ao "open day" para visita à fábrica, que tinha sido anunciado pela empresa de recrutamento Multipessoal).




pub