Indústria Promoção da cortiça em concurso de 4,35 milhões

Promoção da cortiça em concurso de 4,35 milhões

A APCOR – Associação Portuguesa de Cortiça tem a concurso uma campanha de publicidade internacional para promover rolhas, mas também design e materiais de construção e decoração feitos em Portugal. Promoção será feita em 10 mercados, incluindo EUA e China.
Promoção da cortiça em concurso de 4,35 milhões
DR
Isabel Aveiro 07 de setembro de 2016 às 21:24
Até as 17 horas de 26 de Setembro, a APCOR – Associação Portuguesa de Cortiça aceita propostas para o concurso de publicidade internacional que visa promover a industrialização da cortiça e o design português da mesma matéria-prima.

O contrato está em concurso público desde 30 de Junho de 2016. Mas esta quarta-feira, 7 de Setembro, o prazo de apresentação de propostas (que era originalmente de 75 dias) foi prolongado por mais 20 dias, segundo o aviso publicado em Diário da República.

Objectivo é realizar "campanhas de promoção da rolha de cortiça nos EUA, França, Itália, Alemanha, Reino Unido, China, Espanha e Brasil; de design na Suécia e na Dinamarca; dos materiais de constrição e decoração na Alemanha; de promoção de novas aplicações; e também o desenvolvimento de videos promocionais", resume a APCOR.

Em causa está um contrato no valor de 4,35 milhões de euros, segundo o anúncio oficial, dividido por 12 lotes. O lote de valor mais elevado é o que visa a "campanha de promoção de rolhas nos EUA", no valor de 1,2 milhões de euros.

Com um montante de 600 mil euros está prevista a campanha de promoção de rolhas em França – e igual comunicação e valor para o Reino Unido.

Para a promoção de rolhas de cortiça feitas em Portugal, no mercado chinês, está destinada uma verba de 450 mil euros.

A Alemanha, como destino, será alvo de duas campanhas: um de promoção de materiais de construção e decoração em cortiça, no valor de 400 mil euros; e outra só dedicada ás rolhas, cujo montante previsto é de 200 mil euros.

Itália, Espanha e Brasil têm verbas estimadas de 300 mil, 140 mil e 60 mil euros, respectivamente, também de promoção de rolhas.

Mas na Suécia e Dinamarca, a campanha no valor de 60 mil euros será dedicada ao design português.

Sem restrição a nenhum mercado, estão previstos 250 mil euros para as campanhas de "promoção de novas aplicações em cortiça" e 90 mil euros para o "desenvolvimento de videos promocionais".

Os 4,35 milhões de euros actualmente a concurso fazem parte de um plano de promoção mais vasto anunciado a 27 de Abril. Na altura, a APCOR anunciou um investimento de 7,8 milhões de euros no plano de Promoção Internacional da Cortiça (InterCork III), até 2017, financiado por fundos comunitários.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
Saber mais e Alertas
pub