Media Altice interessada no canal de televisão da FPF. Canal pode entrar na Meo

Altice interessada no canal de televisão da FPF. Canal pode entrar na Meo

A Altice está interessada no novo projecto televisivo da Federação Portuguesa de Futebol. O Canal 11, que vai ser liderado por Nuno Santos, deve ir para o ar a partir da Primavera do próximo ano.
Altice interessada no canal de televisão da FPF. Canal pode entrar na Meo
Rita Atalaia 10 de setembro de 2018 às 11:23
O Canal 11, o novo projecto televisivo da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), poderá entrar na grelha de programas do Meo na Primavera do próximo ano. De acordo com fonte próxima do processo, a Altice terá mostrado interesse em apostar neste projecto que será liderado por Nuno Santos.

À margem da assinatura de um protocolo com a FPC e após a reunião executiva da empresa que decorreu na Cidade do Futebol, o presidente executivo da Altice Portugal afirmou que vê "com muitos bons olhos" este reforço da parceria entre a empresa de telecomunicações e a Federação. 

Alexandre Fonseca explicou que o "Canal 11 tem tudo para ser um sucesso. Nessa perspectiva, juntar um canal que traz a marca Portugal, que traz o sucesso que tem sido a organização e este trabalho da FPF e das nossas selecções, que junta a isso esta parceria estratégica, penso que faz todo o sentido. É algo que continuaremos a apoiar". 

O chamado projecto "11", plataforma de conteúdos que a FPF vai lançar em Março de 2019 e que incluirá um canal de televisão, vai ser dirigido por Nuno Santos, antigo director de informação da RTP e ex-director da SIC Notícias, conforme avançou o Público. 

O novo canal conta chegar a quatro milhões de casas e vai dedicar-se ao acompanhamento de jogadores, técnicos e responsáveis da modalidade. O canal 11 servirá também para competir no mercado dos direitos televisivos do futebol, no qual a Sport TV tem tido uma presença dominante e que contou recentemente com a entrada da Eleven Sports. 

Ao Negócios, o presidente da Sport TV garantiu que vai aumentar os conteúdos de futebol nacional, que é para si um activo relevante. Nuno Ferreira Pires desvalorizou ainda os conteúdos que perdeu para a Eleven Sports, dizendo ter todos os direitos que os seus clientes querem. 

O aumento da concorrência neste mercado surge numa altura em que também o governo lançou um concurso para um canal de informação e um de desporto na Televisão Digital Terrestre (TDT). O Ministério da Cultura, que tem a tutela da comunicação social, enviou na semana passada para a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) o regulamento e o caderno de encargos para dois novos canais na TDT. 

(Notícia actualizada às 11:31 com mais informação)





pub