Bezos compra Washington Post por 250 milhões de dólares
06 Agosto 2013, 08:26 por Nuno Carregueiro | nc@negocios.pt
1
Enviar por email
Reportar erro
0
Após sete anos consecutivos de quebra nas vendas, a família que há 80 anos controlava um dos mais conhecidos jornais norte-americanos aceitou vender a publicação ao fundador da Amazon.

Jeff Bezos, fundador e actualmente CEO da Amazon.com, aceitou pagar 250 milhões de dólares (189 milhões de euros) pela aquisição do Washington Post, jornal que desde 1933 era detido pela família Graham.

 

O negócio é feito a título individual e não relaciona a Amazon, nem os outros activos detidos pela empresa Washington Post Co.

 

O CEO da maior retalhista online do mundo segue os passos de outros milionários norte-americanos, que habitualmente se tornam accionistas de jornais de grande circulação. Como lembra a Bloomberg, o Boston Globe foi comprado a semana passada por John Henry, dono da equipa de baseball Boston Red Sox e Warren Buffett também já controlou várias companhias de medias.

 

Bezos tem pela frente uma tarefa aparentemente difícil, já que o Washington Post está há sete anos a ver as suas receitas diminuírem, com o jornal a ser dos mais castigados com a queda na publicidade e crescimento do digital.

 

“Compreendo o papel fundamental que o Post desempenha em Washington e no nosso país, e o valor do Post não vai desaparecer”, adiantou Bezos no comunicado a anunciar a transacção, mostrando-se “muito optimista com o futuro” do jornal.

 

“Este é um dia que a minha família nunca esperava que viesse a acontecer”, afirmou a sobrinha do até agora “chairman” do jornal, que ficou célebre sobretudo pela investigação que originou a divulgação do escândalo Watergate, que acabaria por resultar na única resignação de um Presidente dos Estados Unidos.

1
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: