Media Lucros e receitas da Disney superam estimativas

Lucros e receitas da Disney superam estimativas

A Walt Disney reportou os resultados do seu primeiro trimestre fiscal, que ficaram acima das expectativas. No entanto, segue a perder terreno em bolsa devido ao desempenho abaixo do esperado da rede de desporto ESPN.
Lucros e receitas da Disney superam estimativas
Bloomberg
Carla Pedro 10 de Fevereiro de 2016 às 01:34

A Disney registou um lucro por acção de 1,68 dólares no seu primeiro trimestre, terminado a 2 de Janeiro, contra uma projecção média do mercado que apontava para 1,45 dólares. Excluindo itens extraordinários, o lucro foi de 1,63 dólares por acção.

 

Também as receitas foram superiores ao esperado, ascendendo a 15,2 mil milhões de dólares (mais 14% do que no período homólogo do ano anterior), quando a expectativa dos analistas cifrava o volume de negócios em 14,73 mil milhões.

 

A ajudar a esta boa performance esteve o lançamento do sétimo filme da Guerra das Estrelas (a saga foi comprada há três anos pela Disney, com a aquisição da LucasFilm, e este foi o primeiro filme sob a sua chancela) – "Star Wars: o despertar da força" –, em Dezembro.

 

No entanto, as acções da gigante do entretenimento, dos media e do cinema seguem a perder 3,3% para 89,25 dólares na negociação fora do horário regular na bolsa nova-iorquina. Isto porque os lucros por acção do seu canal de transmissões desportivas ESPN ficaram abaixo do esperado – o que, salienta a Bloomberg, é um sinal de como os investidores estão pouco à vontade em relação à fragmentação do tradicional modelo de negócio do sector da TV por cabo.

 

Os títulos da Disney acumulam, desde o início do ano, uma desvalorização de 12%, fruto de um movimento de vendas de acções dos media numa altura em que os investidores analisam com preocupação a "deserção" de muitos assinantes de TV por cabo e as ameaças de rivais como a Netflix e Hulu, refere a Bloomberg.

 

Os investidores querem ver se a ESPN, que é quem mais contribui para os lucros da Disney, conseguirá travar as perdas de subscritores.  




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Janessa Há 3 dias

The puascrhes I make are entirely based on these articles.

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub