OPA ES Saúde Sabe o que é uma OPA? O presidente da Bolsa de Lisboa pensa que nem todos (cor.)

Sabe o que é uma OPA? O presidente da Bolsa de Lisboa pensa que nem todos (cor.)

Luís Laginha de Sousa acredita que o "cidadão comum" desconhece o significado da expressão OPA.
Sabe o que é uma OPA? O presidente da Bolsa de Lisboa pensa que nem todos (cor.)
Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro 16 de outubro de 2014 às 00:52

"Estou convicto que se perguntarmos ao cidadão comum o que é que a palavra 'OPA' lhe sugere, obteremos respostas nem sempre positivas". A declaração é de Luís Laginha de Sousa, presidente da Euronext Lisbon, gestora da Bolsa de Lisboa, na sessão que revelou que 96,1% da Espírito Santo Saúde passou para as mãos da Fidelidade na sequência de uma OPA.

 

E o que é uma OPA? Oferta pública de aquisição. Destas três palavras, Laginha de Sousa destacou duas delas por serem "muito importantes".

 

‘O’ de oferta: "algo a que é dada a possibilidade de se aceitar ou não". Os accionistas da ES Saúde poderiam aceitar – ou não – vender os seus títulos à Fidelidade em troca dos 5,01 euros oferecidos na OPA que terminou a 14 de Outubro.

 

‘P’ de pública: "pública é para todos, dada a conhecer a todos, sendo por isso totalmente transparente". Uma afirmação feita por Laginha de Sousa quando, no processo de OPA concorrentes da Fidelidade (estiveram na corrida a Ángeles e a José de Mello Saúde), houve uma empresa que pretendeu comprar a ES Saúde fora de bolsa, a americana UnitedHealth.

 

A seguradora controlada pela Fosun foi a protagonista da oferta bem sucedida sobre o capital da ES Saúde. Tão bem sucedida que vai permitir-lhe alterar o nome. A Espírito Santo Saúde vai passar a chamar-se Luz Saúde.

 

 

(Notícia corrigida às 11h06: ao contrário do que estava no título, o presidente Laginha de Sousa considera que "nem sempre" as respostas seriam positivas)




pub