Produtividade e Inovação Máquina da Adira vence prémio Produto Inovação 2017

Máquina da Adira vence prémio Produto Inovação 2017

A mais recente novidade da empresa de metalurgia e metalomecânica do Porto conquistou a 10.ª edição do prémio atribuído pela COTEC e pela ANI. Rolha da Amorim e teste para monitorizar diabetes também foram distinguidos.
Máquina da Adira vence prémio Produto Inovação 2017
O presidente da Adira, António Cardoso Pinto, recebeu o prémio Produto Inovação COTEC-ANI 2017 das mãos do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em Matosinhos.
Paulo Duarte
António Larguesa 16 de maio de 2017 às 15:44
A Adira AM - Additive Manufacturing, uma nova máquina de fabrico aditivo de peças metálicas de grande dimensão, é a vencedora do prémio Produto Inovação COTEC-ANI 2017. A distinção foi anunciada esta terça-feira, 16 de Maio, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

 

O produto que venceu a 10.ª edição deste prémio atribuído COTEC e pela Agência Nacional de Inovação (ANI) é destacado pela organização pelo "conceito diferente" e pelo "sistema único que utiliza tecnologias de elevado factor de inovação num sector de grande crescimento", aplicando ainda duas tecnologias de fabrico "avançadas e disruptivas, integradas num mesmo sistema híbrido".

 

António Cardoso Pinto, presidente da Adira, falou de uma máquina em que "fazer peças com complexidade não é um problema" e com "uma pegada de carbono muito menor". Destacando o facto de Portugal "dar um passo liderante nesta tecnologia", o homem que entre 2001 e 2003 liderou a Efacec frisou que a máquina "vai agora ser desenvolvida como as empresas" quiserem, referindo-se em particulares aos clientes do sector automóvel e aeroespacial.

 

 

Lembrando que esta indústria de metalurgia e metalomecânica, com sede no Porto, foi fundada há mais de seis décadas, Marcelo Rebelo de Sousa elogiou a equipa de gestão da Adira por avançar com este produto inovador, mostrando assim "uma capacidade de reinvenção e de vencer os desafios diários do mercado lá fora".

 

Em 2017 houve um recorde de candidaturas (55), tendo sido 75% delas apresentadas por PME, a este prémio que distingue produtos e não empresas. O objectivo é premiar bens ou serviços dirigidos a mercados globais, desenvolvidos por empresas que operem em Portugal, em resultado da sua actividade consistente e continuada de inovação empresarial levada a cabo no país.

 

Rolhas e biotecnologia no palco

 

Além da fabricante de máquinas do Porto, também a Amorim & Irmãos teve direito a uma menção honrosa pela ND Tech. Esta tecnologia, que foi uma das oito finalistas apresentadas no 14.º Encontro Nacional de Inovação da COTEC, realizado em Matosinhos, permite analisar 40 milhões de rolhas por ano e possibilita a comercialização desse produto com a garantia de que o chamado aroma a mofo não é detectável nas rolhas de cortiça natural.

 

Na primeira vez em que foi um instituída uma nova subcategoria, designada "Born from Knowledge", a vencedora foi a lisboeta Biosurfit com o produto Spinit, um teste para monitorizar diabetes e que já está a ser vendido a médicos, unidades hospitalares e clínicas da Holanda e da Suíça.

 

Premiado nesta nova categoria dirigida a produtos que resultam de boas práticas de inserção das empresas em redes de inovação (sem precisarem de já ter passado por um exaustivo teste de mercado), o produto desta empresa de biotecnologia, fundada em 2005, destaca-se por oferecer vantagens como o diagnóstico mais rápido, a diminuição da prescrição de fármacos errados ou a diminuição do tempo de internamento.

Os outros produtos finalistas 

Conheça os restantes produtos que chegaram à última fase de avaliação para o prémio Produto Inovação COTEC - ANI de 2017.

 

BLOC (PROCALÇADO)

Soca profissional monobloco, de alta durabilidade, desenhada para máximo conforto e fácil manutenção. Produzida em Steri-Tech TM, um polímero esterilizável de alta qualidade, esta soca é antiestática e encontra-se disponível nas versões com e sem tira de ajuste ao calcanhar, assim como com e sem orifícios de ventilação.

 

LACTOPROBIOTEST (LABFIT)

Teste in vitro da bioatividade de probióticos vaginais. O produto é um teste para caracterização da bioactividade de produtos probióticos de aplicação vaginal, baseado nos critérios de recuperação e viabilidade ao longo do tempo das estirpes probióticas veiculadas nas formulações. Este teste inclui o estudo da contagem de unidades formadoras de colónias no tempo inicial após a suspensão do produto e ao longo do tempo (...).

 

M1 (BERD)

Maior cimbre auto-lançável da actualidade, levando a construção de pontes e viadutos, vão-a-vão, a um novo limite (de 70 a 100 m). O produto M1 é um produto inovador, único no mundo, e é o resultado de uma atividade consistente e continuada de inovação empresarial. Atualmente, alguns projectos de mega-pontes em diversos países já são elaborados para a tecnologia M1 ou permitindo a sua utilização. Exemplos: Ponte de Storstrom (Dinamarca), Ponte Salvador Itaparica (Brasil) e Ponte Nigale (Venezuela), entre outros.

 

PRODDIA 3.0 (CRITICAL MATERIALS)

Ferramenta de gestão da integridade estrutural de activos críticos. Trata-se de uma família de produtos com base numa ferramenta de gestão da saúde estrutural de ativos críticos, com o objetivo de oferecer uma visão integrada desses ativos, sejam eles estruturas aeronáuticas, sistemas de produção de energia eólica ou outras.  São apresentadas várias funcionalidades e pontos fortes como por exemplo a qualidade da solução, o alto grau de customização, a flexibilidade ou o impacto na diminuição dos custos de exploração do ativo.

 

Wound Fix (Vetherapy)

Gel de cicatrização de feridas. Hidrogel com fatores de crescimento derivados do secretoma de células estaminais e presentes no plasma sanguíneo, para aplicação em todos os mamíferos, em diferentes tipos de feridas. As suas propriedades regeneradoras permitem acelerar o processo de regeneração das diferentes camadas de pele.

O produto é disponibilizado em seringas de 5 ml e para feridas mais extensas (ex. cavalo) possui um adaptador que permite a sua aplicação sob a forma de spray.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub