Start-ups Portugal Ventures apoia mais três start-ups e lança nova Call for Entrepreneurship

Portugal Ventures apoia mais três start-ups e lança nova Call for Entrepreneurship

A Portugal Ventures revelou esta segunda-feira que investiu em mais três start-ups nacionais. Arranca esta segunda-feira mais um Call for Entrepreneurship.

A Portugal Ventures revelou esta segunda-feira, 26 de Janeiro, em comunicado enviado às redacções, que investiu em mais três start-ups nacionais. A MoodOptic, a INVINE e a Followprice são assim as apostas mais recentes do organismo de capital de risco público que, no total, já apoiou mais de 40 start-ups.

 

A MoodOptic, de acordo com o comunicado enviado às redacções, desenvolve a sua actividade no comércio online de produtos ópticos como óculos graduados, lentes de contacto e óculos de sol. "Os preços competitivos, rapidez de entrega e um sistema de apoio ao cliente eficaz são os pilares deste projecto que também está a desenvolver ferramentas de comércio online de forma a melhorar a experiência de compra. Com este investimento a MoodOptic tem como objectivo aumentar a presença internacional e tornar-se num ‘player’ relevante no mercado europeu", refere o comunicado.

 

Por sua vez, a INVINE quer melhorar a rentabilidade dos restaurantes utilizando uma tecnologia que aposta na "optimização de margens, que usa menus dinâmicos".

 

E, por fim, a Followprice é uma plataforma online que quer dar aos consumidores uma forma "universal e centralizada de seguir baixas de preços e stock de produtos de diferentes lojas online".

 

10ª Call for Entrepreneurship

 

Arranca esta segunda-feira, 26 de Janeiro, as candidaturas para a décima Call for Entrepreneurship (programa da Portugal Ventures para apoiar financeiramente start-up) que se prolongam até ao próximo dia 26 de Fevereiro. Projectos na área das tecnologias de informação e de comunicação, electrónica e web, ciências da vida, turismo e recursos endógenos, nanotecnologia e materiais podem candidatar-se a este programa da Portugal Ventures.

 

"Os projectos seleccionados pela Portugal Venture beneficiarão de um investimento de até 750 mil euros, num máximo de 85% das necessidades totais de fundos do mesmo".

 

Por outro lado, nesta edição há uma novidade: foi lançado um programa "open day", aberto a empreendedores que proponham a apresentar candidaturas. Esta iniciativa visa esclarecer "dúvidas dos empreendedores no acesso aos instrumentos de investimento de capital de risco".