Start-ups StartUp Voucher 2018 recebe mais de 320 candidaturas

StartUp Voucher 2018 recebe mais de 320 candidaturas

Os resultados das candidaturas ao instrumento que visa dinamizar projectos empresariais em fase de ideia, promovidos por jovens dos 18 aos 35 anos, serão conhecidos a 12 de Outubro. Em Janeiro abrirá uma nova ronda.
StartUp Voucher 2018 recebe mais de 320 candidaturas
Miguel Baltazar / Negócios
Negócios 12 de setembro de 2018 às 17:21

O StartUp Voucher 2018, cujas candidaturas arrancaram a 9 de Julho, acaba de fechar com a recepção de mais de 320 candidaturas, correspondentes a 550 bolseiros.

De acordo com o Ministério da Economia, passam assim a totalizar 1.200 pessoas apoiadas desde a implementação do programa StartUp Voucher, que é uma das medidas da StartUp Portugal – Estratégia Nacional para o Empreenderorismo que visa dinamizar o desenvolvimento de projectos empresariais que se encontrem em fase de ideia, promovidos por jovens enter os 18 e os 35 anos.


Os resultados destas candidaturas serão conhecidos a 12 de Outubro, sendo que em Janeiro de 2019 abrirá uma nova ronda.


Para o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, os números "mostram uma forte adesão dos jovens a este programa de apoio ao empreendedorismo, que reforçam a nossa convicção que temos que os apoiar não só nesta fase de projecto mas também posteriormente com todos os instrumentos do StarUp Portugal, em que se inclui o reforço da rede nacional de incubadoras".


"Ficamos satisfeitos de haver mais projectos e continuaremos a trabalhar para criar as condições para que tenham sucesso e possam crescer no mercado global", afirmou ainda Caldeira Cabral, citado numa nota divulgada pelo Ministério.


O StartUP Voucher destina-se a projectos que beneficiem as regiões NUT II - Norte, Centro e Alentejo ou NUT II - Lisboa, admitindo-se a realização de acções fora das mesmas desde que beneficiem a economia daquelas regiões.


As tipologias de apoio incluem a bolsa, em que um valor mensal é atribuído por promotor para o desenvolvimento do projecto empresarial; a mentoria, com o acesso a uma rede de mentores que forneçam orientação aos promotores; o acompanhamento do projecto por parte de entidade acreditada; o prémio de avaliação intermédia, com atribuição de prémios aos projectos que obtenham avaliação intercalar positiva em função do cumprimento dos objectivos de cada fase; e o prémio de concretização , que prevê a atribuição de um prémio à concretização do projecto empresarial através da criação de empresa com a constituição de sociedade comercial.




pub